Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Mês: novembro, 2015

História com Fins é Princípio da Eternidade

alma

a vida traz o lar para a nossa casa.

a morte leva a casa para o nosso lar.

Ser transcende ao Estar, mas Esteja e Será.

Nova Consciência

por vezes, só vemos aquilo que entendemos,

noutras, só entendemos aquilo que vemos.

tememos aquilo que não conhecemos,

ao mesmo tempo em que o desejamos.

cremos naquilo que não entendemos,

descremos daquilo que não vemos.

entender as nossas crenças,

entender no que cremos,

entender o que vemos,

e entender o que não vemos.

Sempre Agora

mystery

não mais colecionar presentes…

mas cultivar a presença.

Ser o Ser

ser

crer para ver,

ver para crer,

morrer para renascer…

do dual à síntese-ser,

o ser tríade.

mar~A~mor

amor

a entrada do mar é pelo raso

da areia até as primeiras marolas

e somos atraídos pela maresia da paixão…

mas o mar é o que ele é… imensidão.

e não o conhecemos em sua grandeza e profundeza…

está aí o mistério, sua atração e beleza.

e afogam-se nele por diferentes motivos…

mas são os amantes e não amor quem causa o afogamento.

amar é uma relação de aprendizado contínuo… com o outro e consigo

e não há garantias de que os banhistas vão conhecê-lo

vivenciá-lo em seu nível mais sutil e profundo.

mergulhar, nadar, boiar… as marés nos levam

e descobrimos como seguir os fluxos e refluxos…

as marés também nos elevam.

a entrega, jogar-se ao mar é oportunidade e risco.

eis o nosso propósito e constante desafio: ser “unOceano.”

Aqui Agora ~ Absurdo Real

peixe

no impermanente revelam-se verdades permanentes.

no permanente revela-se a verdade impermanente.

Dê asas ao Coração

butterfly

desapegar não é deixar os sentidos,

mas ser o sentido dos sentidos.

Nascer-Morrer-Renascer

triplo

que contradição…

tudo é permanente transformação.

Presenciar o Presente

dream-spiral

silenciar (não julgar) para estar presente,

meditar (doar-se) para conectar-se a presença.

Respeite-se por Amor

ame

transmutar…
a negação em compaixão,
a raiva em paciência,
o desespero em esperança.

transmutar…
a descrença em confiança,
a inveja em generosidade,
o julgamento em humildade.

transmutar…
a hipocrisia em lealdade,
a má vontade em persistência,
a culpa em perdão,
o desprezo em gratidão.