Eis a tal…

por a n➐w ame n t e

star

no início, praticamos os princípios…
mas (de alguma forma) esperando algo em troca,
um agradecimento, reconhecimento ou recompensa.
e isso é natural em qualquer mudança para se obter confiança.
durante um tempo de prática, aqueles princípios…
são os meios por onde nos descobrimos e desvelamos os fins.
por fim, ao estarmos sedentos de paz e compreensão,
de tanto encararmos e permanecermos nos desafios,
estes princípios, alcançam seus devidos fins.
nos tornamos o meio que realiza o propósito,
por bebermos da paciência e tomarmos consciência,
de que o saber e a sabedoria nada mais são,
do que realizar a verdadeira vontade da fonte…
estabelecemos a ponte entre criatura e criação,
a escada para o céu, eis a tal religião.

(15.06.16 – às 15:16)

Anúncios