An🎱wA

T O D O S O U O UM : OM E S M O U T R O

Mês: agosto, 2016

Amar é domar o medo.

agua

Medo de perder o controle.
Medo de perder as posses.
Medo de perder as certezas.
Medo de perder as garantias.
Medo de perder as amarras.
Medo de perder as vendas.
Medo de perder as ilusões.
Medo de amar e perder-se no amor,
Pois amar é desapegar.
O apego é medo,
Medo de perder… o ego,
Para o desapego.
Dome o medo, desapegando…
É para doido? É paradoxo.

Anúncios

 “Posso me enganar, mas não posso mais mentir.”

 

rosas

Se existo… há no mínimo,

Um essencial motivo, realizar-se.

E aquele ou aquilo, que nos faz existir,

Está em mim, comigo, além de mim, em todos, no todo.

É jogando este jogo… discernindo o trigo do joio,

Que reencontro a fonte, em qualquer horizonte,

Que eu esteja plenamente presente,

O presente sob a presença.

Encontrar o que nunca está perdido.

integração

a prática leva à sabedoria,
mas que prática? prática do desapego.
e para desapegar de algo visível ou invisível…
investigamos todos os apegos que temos.
desvendá-los, assumi-los e dissolve-los.
é questão de tempo, coragem, paciência e muita humildade,
pois serão muitas quedas e falsas elevações.
por vezes, estamos mais enganados do que imaginamos,
e noutras, estamos mais lúcidos do que julgamos.
no caminho, a caminhada é em parte…
aumentar a bagagem, o conhecimento, entendimento e experiência,
noutra parte, é deixar tudo o que trouxe…
e o que te trouxe até o presente momento,
para que compreenda o real sentido do desapego, do existir…
sentir em si a essência da vida,
e integrar-se com a presença do vivo no agora.
não há dogmas, há princípios.
não há certezas, há o mistério.
não há garantias, há a verdadeira vontade.

e não é ponto final, é ponto de encontro.

Despertar para o Caminho em Si

amar-se

sábios, mestres, avatares são salvadores do mundo,
do mundo deles, mundo do qual existiram (ou existem).
se realizarmos a paz…
se estivermos em harmonia,
se curarmos as próprias enfermidades,
salvamos o mundo…
que é a nossa realidade.
o mundo é a realidade em que vivo.
quanto mais pessoas…
solucionarem seus dilemas na realidade interior,
maior será a harmonia na realidade exterior.
um mundo melhor…
são pessoas sendo o melhor delas,
e não o melhor que o mundo oferece para elas.
cada um deve saber de si,
cada um deve ser em si,
aceitar-se e compreender-se.
e não devemos nada…
quando damos o nosso melhor.
o desafio-propósito é desvendar o que é “seu melhor”.

sejamos heróis da própria existência…

encontrando os aliados e realizando a fonte em si.

Despertar da Consciência

BORB

escutar a verdade…
mesmo quando ouço mentiras.
enxergar a verdade…
mesmo quando vejo ilusões.
enxergar e escutar através…
é atravessar em ti os véus,
estando em si, nos céus.

Sorriso… o rio em ti.

a-alegria-de-ser-irmãos

rir de si
em princípio
e fins é
salvar-se

Aprender é destemer a incerteza

Two-Kinds-of-Brains

admiro pessoas…
que tem sede de aprender.
mas este potencial em desequilíbrio,
faz estas mesmas pessoas,
crerem que já sabem,
antes mesmo de começarem a aprender.
somos peregrinos do sagrado caminho,
e humildade é a ponte para o saber.
conhecer muito não torna a humildade dispensável,
pelo contrário, humildade é o perene valor do sábio.

Ahhhhhhh!!! Acordei.

borboleta

se o mal são os outros…
porque não sente-se bem?
se o outro, o mundo é culpado…
porque não sente-se perdoado?
se ninguém é bom o bastante,
como significar os poucos bons?
sorte? acaso?
por acaso, já perguntou,
ao sortudo sobre acasos?
e sobre o seu caso, já se perguntou?
e se todos mentem…
você está dizendo a verdade?
se somos todos iguais,
reconheça as suas diferenças…
e se somos todos únicos,
reconheça a nossa igualdade…
e se ninguém é todo mundo,
quem faz a diferença,
para encontrar o seu próprio mundo?
alguém no mundo, responde por si?
alguém em si, responde pelo mundo?

Cansado, me encorajei…

osho

cansei de julgamentos,
me enxerguei .
cansei de culpas,
me perdoei.
cansei de sofrimentos,
me amei.
cansei de medos,
me aceitei.
cansei de mentiras,
me respeitei e…
me responsabilizei.

Crer no Ser que Ã‰

sere

hoje, acredito no ser humano,
pois, agora acredito em mim.
vou de encontro ao outro…
que em si é aquele que sou.
não é loucura, sim é verdade…
atravessando a ilusão.