aNūüĆźWa

T O D O S O U ‚ôĺ UM : OM E S M O U T R O

Mês: outubro, 2016

‚ÄúV√≥s sois deuses‚ÄĚ

aguia

se conhecer,¬†aceitar-se,¬†se transformar…

com humildade, em verdade

exercendo a gratidão

o¬†perd√£o e a¬†compaix√£o…

livre e espontaneamente

em si, no todo, com todos, em paz

por se respeitar e se responsabilizar…

autoconsciência é se encontrar

no presente, no aberto, aqui e agora

sendo aquele que √©, em sua¬†presen√ßa…

decidido e se permitindo fluir na correnteza do rio

as dores e¬†medos, avers√Ķes e apegos

podem se dissolver e não mais bloquear

obst√°culos tornam-se desafios

e aprendemos enfim a voar por qualquer agora.

An√ļncios

‚ÄčNatural √© Ser Espiral

Mesmo a cria√ß√£o tem um padr√£o…

Mas um padr√£o que √© pura vibra√ß√£o, de cont√≠nua muta√ß√£o…

Se comporta de diferentes formas, numa autotransforma√ß√£o…

N√£o h√° apego e avers√£o, h√° fluidez na presente imensid√£o…

Sempre consciente dos princ√≠pios…

A espiral da vida circula al√©m do espa√ßo-tempo…

Eternidade desenhando tempos, o infinito escrevendo finitudes…

Eis a fonte de nossos sonhos e inspiração de nossas atitudes.

O cora√ß√£o de nossos cora√ß√Ķes…

Beber em Si o Elixir

Ser capaz

De beber da fonte de paz

Que h√°

Na presente presença

De cada criatura

Na nascente

Do nosso coração.

O ar e a √°rvore

Eleva-se sem sair de si…

Estar no todo sem sair do lugar

Dar a vida através da própria respiração

Ser a vida ao receber a sua pura gratid√£o.

Ser com a Fonte Vital

Arvorecer… √© mover-se sem sair de si.

Movendo-se para o alto, elevando e ao mesmo tempo enraizando.

Ramificando, dando frutos, desprendendo, desapegando feito folha.

Interiorizando a cada anoitecer,  renascendo a cada amanhecer.

Fluindo a seiva da vida por qualquer estação.

Borboleta vive de Flores…

Quando lagarta… vivenciou a busca incessante por sua verdadeira vontade.
Quando no casulo… vivenciou a introspec√ß√£o, o sil√™ncio interior e atravessamentos.

Ao bater asas… transformou todas as etapas que levam o ser ao seu encontro… enfim, livre pelo ar, no mais leve e espont√Ęneo voo.

Transformar-se por amor… realizar em si o mais sagrado encontro com a liberdade de ser aquele que √©.

PS.: Para a minha amada Borboleta M√£e Maria Cristina F. F. W.

‚ÄčRealizar o C√≠rculo feito Sistema Circulat√≥rio

Realize a Sua parte por Si

Pois em Si est√° o Todo.

Realize a Sua parte pelo Todo

Pois Somos parte do Todo.

Realize Aquele que √Č com todos

Pois somente com todos, no Todo e em Si

Podemos realizar a Verdade que Somos.

Bater Poeira e Asas…

butterfly

borboleta com sua rara beleza…

inspira leveza, pureza e clareza.

transforma o denso em leveza

transforma o obscuro em clareza

se transforma em diferentes formas

com paci√™ncia e sabedoria, pela pureza de ser…

eleve-me, sei que transforma a vida

e leva-me… para eu seja cores transparecendo vida

sustenta-me, sei que sustenta a vida…

polinizando os jardins de nossa terra, o planeta Terra.

bater a poeira e asas…¬†batendo c√°, ventando l√°…

por qualquer lugar, pois em si é o lar onde o todo há.

PS.: Em 23/10/2016 completei 32 ciclos solares… e quem sabe bater asas aos 33. (rs)

Somos caPAZes

Ser pela Paz…

√Č o que se faz em Paz.

Somos aquilo que a gente faz…

Seja a realização da Paz.

Somos a luz do escuro profundo

borb

O todo nasce do nada.

O som nasce do silêncio.

A luz nasce da escurid√£o…

As cores nascem da transformação.

A sombra d√° forma a luz…

A luz d√° vida a sombra.

Harmonizando a luz com a sombra…

Nada sobra, todo é.

N√£o negar o claro, √© claro…

Não negar o escuro, é dos opostos que se realiza o uno.

O todo vem do vazio que o todo contém.

Tudo s√£o possibilidades/realidades a se vivenciar, realizar e transformar.

O todo flui, tudo se transforma…

Somos tudo o que n√£o permanece

E com o todo somos aquele que realiza a permanente transformação.

Ser um com o todo, em harmonia no aberto, em sintonia com a fonte…

Feito sil√™ncio e sinfonia, confluir a todo momento…

Que nada mais é que o todo no presente momento.