“Senhora Borboleta” por Saulo Fernandes

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

bo-az

“Borboleta pousou no meu ombro
Bem na hora certa
Mudou a cor… o tempo…
A liberdade apareceu
E se estabeleceu como dádiva

Borboleta amarela
Quer que eu vá atrás dela
Onde me levaria?

Ao jardim mais florido da primavera
À um lugar de Paz!

Entre o branco e o azul
Borboleta azul
A doçura e a sutileza

Borboleta vermelha
A beleza
A força num voo mais longe

Borboleta colorida
Brilha nas ruas do céu!

E Deus segue nos enviando
Respostas pelas suas asas”