Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Mês: janeiro, 2017

“A Borboleta Azul”

borboletas

“Havia um viúvo que morava com suas duas filhas curiosas e inteligentes.

As meninas sempre faziam muitas perguntas. Algumas ele sabia responder, outras não.

Como pretendia oferecer a elas a melhor educação, mandou as meninas passarem férias com um sábio que morava no alto de uma colina.

O sábio sempre respondia todas as perguntas sem hesitar.

Impacientes com o sábio, as meninas resolveram inventar uma pergunta que ele não saberia responder.

Então, uma delas apareceu com uma borboleta azul que usaria para pregar uma peça no sábio.

– O que você vai fazer? – perguntou a irmã.

– Vou esconder a borboleta em minhas mãos e perguntar se ela está viva ou morta.

Se ele disser que está morta, vou abrir as mãos e deixá-la viver.

Se ele disser que está viva, vou apertá-la e esmagá-la.

E assim qualquer resposta que o sábio nos der está errada!

As duas meninas foram, então, ao encontro do sábio, que estava meditando.

– Tenho aqui uma borboleta azul!

Diga-me sábio, ela está morta ou viva?

Calmamente o sábio sorriu e respondeu:

– Depende de você… está nas suas mãos.” (Autor não identificado)

“O que não enfrentamos em nós mesmos, acabaremos encontrando como destino. Eu não sou o que aconteceu comigo, eu sou o que escolhi ser.” Carl Jung

Lembre-se: a Lagarta renasce Borboleta.

borboleta88

uns não querem morrer

outros não querem viver

não queriam nascer…

mas não querer é somente negação

negar o existir e o ser.

deixe pra lá, deixa ser e renascer…

uma transformadora afirmação.

a borboleta dá cor e leveza, inspira a vida

se alimentou de folhas de muitas flores

em si, transformou-se…

e vivifica… cuidando e cultivando as flores.

Ser, Florescer.

rosa

Se a vida não é um mar de rosas
É mar de roseiras…
Com flor, fruto, espinho e perfume.
Dê flores, dê frutos…
Aceite seus espinhos e exale teu perfume.

Laço do Eterno

borboleta

camuflada de silêncio

delicada veste de cores

bailando sutilezas

visita amores e mais amores

ela é o amor…

pairando no ar.

Nada no Mar

nada

nadando no raso, no fundo

por mergulhos no profundo

flutuo em ilhas paradisíacas

na costa leste, oeste, norte, sul

tudo nada, todo azul…

 

presenciAR transpARências

transparency

da graça

ar…

de graça

ar…

de verdade.

a eternidade…

é presente, transparente

agora, sempre.

ouça, veja

no ar, sinta…

sente?

Verão da Vida

gota

Ah mor… Ah mar…

Nasce ao desaguar a mais doce água

Eterniza ao temperar a vida

Com marés, ondas e brisas…

Deixa, jogue-se, viva o verão da vida.

 

Nova Travessia

gaivota

atravesse

passe livre

voe, pouse

realize.

Pousa maria, em mim repousa.

branca

um sorriso que voa

silêncio que ecoa

uma brisa do mar

pétala livre leve e solta

teu ar me inspira, mari-posa…

Aos que verão o verão, mesmo no inverno.

mariposa-beija

a vemos com estranheza e bom-humor

até parece beija-flor ou um peixe voador

pode até não ser tão bela, mas inspira beleza…

ao perpetuar a vida de flor em flor.