Conto Zen: Garotas

por a n➐w ame n t e

“Tanzan e Ekido certa vez viajavam juntos por uma estrada lamacenta. Uma pesada chuva ainda caía, dificultando a caminhada. Chegando a uma curva, eles encontraram uma bela garota vestida com um quimono de seda e cinta, incapaz de cruzar a intercessão.

“Venha, menina!” disse Tanzan de imediato. Erguendo-a em seus braços, ele a carregou atravessando o lamaçal.

Ekido não falou nada até aquela noite quando eles atingiram o alojamento do Templo. Então ele não mais se conteve e disse a Tanzan: “Nós monges não nos aproximamos de mulheres!! …especialmente as jovens e belas. Isto é perigoso. Por que fez aquilo?” “Eu deixei a garota lá,” disse Tanzan. “Você ainda a está carregando”.

Anúncios