Eclip-se

por a n➐w ame n t e

gratidão…

por nada que passa…

por tudo que passo…

e cada passo que dei…

que dou, que dói, que dura e cura…

que passa e volta, dá reviravoltas e continua…

até a passada nua, um passado a limpo…

o sol que encontra a lua, o eclipse-do-eu…

mas a jornada essencialmente se perpetua… a transpassadas…

em planos, em níveis, estados, aqui-agora em sabe lá que dimensão…

e a cá, esperte-se, se desperte… para o silêncio perene do-céu-coração…

Anúncios