Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Há tempos, há recomeços

há 4 anos comecei este blog…

há 5 anos comecei num blog anterior…

há 7 anos comecei a blogar meus pensAtos…

há 10 anos comecei a escrever meu interior…

há tempos comecei a fluir a arte de ser criativo.

uma homenagem aos recomeços do ser em mim…

e gratidão aos olhares e troca de olhares…

que ocorrem por aqui… e aí…

 

Anovamente.blogspot.com.br  (Escritos em 2010-11)

SociologiaPolitica.com.br/ Poesias e Pensatos (Escritos de 2012 para cá)

*Imagem de M.C. Escher – Circle Limit with Butterflies (1950)

Verdade sem Certezas

 

nu

se “a única certeza da vida é a morte”…

viva! a verdade da vida é agora…

Gratidão a Quem nos Ama e também se Ama…

é óbvio… não é o outro quem nos muda…

mas por amor ao outro, sim, a gente muda…

esse outro que nos ama é parte de nós e somos parte deste ao amá-lo…

amar é doar, trocar e fundir-se sem confundir-se…

pois juntos somos o Um, mudando com o perene amor mutável…

amor é a inesgotável fonte de energia renovável…

e é amando-se-amando que a gente se transforma e renova-se…

de mãos dadas, um par de asas num só coração… na dança da confiança com a esperança, realizamos a aliança… entre a criança e o ancião… o fim com princípio, o caminho do meio… profundamente em expansão…

*Dedicado a minha amiga e consorte, amada e amante… Catia.

Em princípio, silêncio. Enfim, som)os.

Frauen-und-Schmerz

a escolha certa…

acerta-se nas novas escolhas…

que inerentemente a gente faz…

por amor, pela paz…

o silêncio cria asas…

e vibra o som da imensidão…

 

Perder Certezas, Ganhar Experiências

Cheio de Razão…
Perdendo a Emoção de viver…

Cheio de Emoção…
Perdendo a Razão de ser…

Meio a Meio: Somos Inteiros… Intuição.