Viva a Consorte!

por a n➐w ame n t e

a morte não é boa ou má

a morte transforma bem e mal

a morte é a cena final…

a morte é a chave do portal

para o ser vivo ser imortal…

morra para o que morreu em ti

aceitando que esta morte  

é o recomeço, a renovação do vital…

cada fase da vida é uma morte em ti…

e um renascimento em si…

a vida é pura transformação

o vivo é contínua renovação…

um ciclo termina e precipita…

para a cíclica jornada…

continuar a circular…

“Morrer” neste caso, é deixar para trás o envelhecido em si (mudar um estado de consciência) ao reconhecer e atravessar o que já não lhe serve mais. O que não quer dizer de maneira alguma o suicídio, que é desistir de existir nesta vida. Viva a Vida! Vivenciando a Consorte!

* Gravura: “Caronte” ilustrado por Gustave Doré, para a Divina Comédia.

Anúncios