A esperança é uma criança espontânea.

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

amor

Criança e borboletas…
Instante sem duração…
Felicidade aguando em emoção.

Inverno invertido…
Sozinho e não é solzinho…
Sol a pino no meu coração.

Amar é respirar a brisa do mar…
Mesmo distante das praias.

E a minha filha sobre a poesia: “Pai, não tem cheiro de praia, tem cheiro de aipim…”

Publicidade