Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Mês: julho, 2017

Eu não Eu

salar 5

ilusão de ética

código de ótica

ser para ver

viver para se ver

espelhos do jogo

ópio do egoico

caleidoscópio do óbvio

frases de)feito

e)feito borboleta

asas, crisálida e lagarta

criativa força abstrata

obra-prima, pura arte

em constante geração

 

 

 

 

Consciência, sua Presença além de ti.

sombras

enquanto eu existe

eu sou eu.

quando eu inexiste

eu sou deus.

A Guerra é um Modelo Mental – por Eckhart Tolle

“(…) Nós fortalecemos tudo aquilo que combatemos, enquanto todas as coisas a que resistimos persistem. (…)

Reconheça o ego pelo que ele é: um distúrbio coletivo, a insanidade da mente humana. Quando o identificamos pelo que ele é, deixamos de interpretá-lo erroneamente como a identidade de uma pessoa. E temos mais facilidade em não adotar uma atitude reativa em relação a ele. Já não o tomamos como algo pessoal. Não existe queixa, culpa, acusação nem ação equivocada. Ninguém está errado. É apenas o ego em alguém, só isso.

A compaixão surge quando compreendemos que todas as pessoas sofrem do mesmo distúrbio mental, algumas delas de forma mais aguda do que outras. Assim, paramos de nutrir o conflito que faz parte de todos os relacionamentos
egoicos. E o que o alimenta? A atitude reativa: com ela, o ego prospera.”

Trecho do Livro: O Despertar de uma Nova Consciência

Some content on this page was disabled on August 22, 2019.

Conto: ObriGrato!

– Por obrigação?

Não, agradeço.

– Por gratidão?

Sim, obrigado.

por AdriAnovamente

O Despertar e o Movimento de Saída – por Eckhart Tolle

“A expansão natural da vida de uma pessoa, que ocorre junto com o movimento de saída, em geral é usurpada pelo ego e usada para sua própria expansão. “Veja o que eu sou capaz de fazer. Duvido que você consiga fazer isso”, diz uma criança a outra quando descobre que seu corpo está ficando mais forte e ágil. Essa é uma das primeiras tentativas do ego de se destacar pela identificação com o movimento para fora e com o conceito “mais do que você” e se fortalecer pela diminuição dos outros. E claro que isso é apenas o começo dos seus muitos erros de percepção.

Entretanto, à medida que nossa consciência aumenta e o ego deixa de controlar nossa vida, não temos que esperar até que nosso mundo encolha ou entre em colapso por causa da velhice ou de uma tragédia pessoal para despertarmos para o propósito interior. Como a nova consciência está começando a surgir no planeta, é cada vez maior o número de pessoas que já não precisam ser sacudidas para despertar. Elas abraçam esse processo de modo voluntário até mesmo enquanto ainda estão envolvidas no ciclo de crescimento e expansão. Quando esse ciclo deixar de ser usurpado pelo ego, a dimensão espiritual entrará tão poderosamente no mundo através do movimento de saída – pensamento, fala, ação, criação – quanto por meio do movimento de retorno – silêncio, Ser e dissolução da forma.”

Trecho do Livro: O Despertar de uma Nova Consciência

Some content on this page was disabled on August 22, 2019.

Perto, desPerto.

gif 2

é loucura

e lucidez

luz e cura

todo em si

despertar-se

Flor-e-Ser

“o tempo não para”…

o paradoxo não para.

tudo o que temos é o que damos…

tudo o que somos… é o que recebemos.

recebemos o dom da vida…

damos a vida por este dom…

realizamos o dom da vida…

sendo… flor-e-sendo…

O Silêncio – por Eckhart Tolle

“Costuma-se dizer: ‘O silêncio é a linguagem de Deus, e tudo mais é tradução malfeita.’ O silêncio é realmente outra palavra para espaço. Ao tomarmos consciência dele quando o encontramos na nossa vida, estabelecemos uma ligação com a dimensão sem forma e eterna dentro de nós, aquela que está além do pensamento e do ego. Pode ser o silêncio que envolve o mundo da natureza, a tranqüilidade do nosso quarto nas primeiras horas da manhã ou os intervalos entre os sons.

O silêncio não tem forma – é por isso que, por meio do pensamento, não conseguimos ter consciência dele. O pensamento é forma. Ter consciência do silêncio significa ficar em silêncio. Ficar em silêncio é estar consciente sem pensamento. Nunca somos nós mesmos com tanta intensidade do que quando estamos em silêncio. Nessas ocasiões, somos quem fomos antes de assumir temporariamente essa forma física e mental que chamamos de pessoa. Também somos aquele que seremos depois que a forma se dissolver. Quando estamos em silêncio, somos quem somos além da nossa existência temporal: a consciência – incondicional, sem forma, eterna.”

Trecho do Livro: O Despertar de uma Nova Consciência

Some content on this page was disabled on August 22, 2019.

Somos Constantes e Contínuos

gif 3

integre as diferentes diferenças…

e seja você mesmo: inteiro.

Ponto e Linhas

7034f5fd4d19b2b47bf3efea56188238

Enosados…

Entrelaçados…

Por um fio…

O ponto de encontro…

E mutação…

Silêncio em ação…