Dou minha gratiDão

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

Gratidão é quando aceitamos… o que/quem somos… um ser igualmente impar…

Gratidão é quando ofertamos… espontaneamente o que temos de mais sadio… a nossa honestidade…

Gratidão é quando recebemos… o que há de mais sadio no presente momento… agindo com coerência e discernimento…

Gratidão é quando vibramos o que honestamente sonhamos para a continuidade da vida… o exemplo, mensagem e legado que deixamos nesta vida…

Gratidão é reconhecer… a importância de ser o que somos, o meio do princípio realizar os fins especificamente universais…

A energia que não se troca, que não se compartilha… não perde a sua potência, mas ela estagna, perde a direção, inflama, nos incomoda, nos descontrola, nos adoece… desestabiliza o nosso potencial e suga a nossa vitalidade…

Somos em princípio e fins, pura energia… amar é vibrar, amor é fonte de energia, a força criativa, mutável e renovável da vida… é necessário canalizá-la na direção e forma correta, correto quer dizer, em sintonia com a fonte em si… para que a ressonância seja equilibrada e expansiva…

Estar em correspondência com a tua bussola, o céu coração, por meio do silêncio e intuição… para que aí sim, possamos agir em harmonia… com a multiplicidade de seres energéticos no qual convivemos neste mundo… em nosso meio, com a nossa família e amigos, em nossa realidade… no cotidiano comum de nossas vidas…

É tempo de “fim dos tempos”… findar passados mal passados e ainda incômodos presentes… é tempo de renascimento… de despertar para o eterno… em si-agora de qualquer lugar…

A vida misteriosamente nos deu o dom da vida… e ela só espera que reciprocamente doemos aquilo que é vivo e nos vivifica… que manifestemos aquele que somos: centelhas vivas… somos o meio de realizarmos, celebrarmos e elevarmos esta enigmática, inesgotável e amorosa magia…

Seja bem-vindo indo e estando na escola da vida…