Tudo em seu Tempo, tu És o Tempo.

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

lagarta

A lagarta não está perdida, está buscando o caminho…

No casulo, a lagarta não está presa, está conhecendo o caminho…

A borboleta é a lagarta… que atravessou as sombras em si escondidas… desvelou, reconheceu que é no corpo e na terra por onde se anda, semeia, se alimenta, aonde doa-se e cultiva… o mesmo lugar onde se aterrissa… ao voar pelos ares, pelo céu coração, pela leveza da vida…

Pois a borboleta integrou em si a lagarta com seu casulo… compreendeu, elevou e desapegou-se ao fluir com a fonte…

Fez da luz e escuridão o ser num só coração… com a eterna e infinita nascente que nos respira… eis a autorrealização do amor, da consciência universal que nos vivifica…