Vida é diversidade pura, consciência una…

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

“A água é o sujeito, a lua é o objeto. Quando não há água, não há reflexo da lua na água e o mesmo quando não há lua. Mas quando a lua se levanta, a água não espera para receber sua imagem, e quando uma gota de água é derramada, não importa quão pequena, a lua não espera para lançar seu reflexo. Com efeito, a lua não propõe lançar reflexos, e a água não recebe sua imagem de propósito. O evento é produzido tanto pela água quanto pela lua, e assim como a água manifesta o brilho da lua, a lua manifesta a clareza da água.

A gota d’água não diz para si mesma: sou uma gota de água refletindo a lua. E um mar também, mas também reflete isso. Consciência seria a capacidade de refletir e, assim como uma gota, tem a mesma “essência” ou consciência de um oceano; Um homem faz parte de um todo, ele faz parte do oceano da consciência universal. E quando ele deixa seu ego distante, ele pode perceber que tudo e ele são a mesma coisa.

Uma gota é proposta para refletir a lua? Um homem propõe se criar?”

 

por Allan Watts