“Intensidade”

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

20180613_160340.png

força viva que não tem limites
vai até o âmago
cutuca ferida pra sarar
ou pra sentir cócegas

repousa no silêncio
para se embriagar de nada

enxerga no escuro
e mergulha em formas indefinidas

olha para o sol
até lacrimejar os olhos

desculpa-se de joelhos
por ser quem é

levanta-se

e segue amando as borboletas
em demasia
não por serem belas
mas por conhecerem os segredos
de grandes transformações

 

por Giulia Amandit