Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Pare de se Levar. Decida Elevar-se.

Resultado de imagem para autocura

Inevitavelmente… Crescemos fisicamente e envelhecemos…

Decididamente… Crescemos psiquicamente e vamos rejuvenescendo…

Há sempre um caminho a seguir, aquele caminho que lhe pertence, o caminho abertamente para você, caminho da autorrealização, o caminho do coração… escolha este caminho… o seu próprio caminho…

Retrate a sua vida… escrevendo a sua intransferível história… Trate de ser a arte de ser… Trate-se com amor e respeito, com bom humor e carinho… Trate de si mesmo… Cuidando do ser e estar… Em cada instante do céu caminho…

Gratidão por tudo, por todos, gratidão ao todo… 🐛💕🦋

Entre nu…

entre nuvens:

o céu.

entre o céu:

nuvens.

 

* Imagem: Fenômeno raro, cria arco-íris dentro de nuvem, conhecido  como “fallstreak hole”.

Qual o Enigma da Esfinge?

“Decifra-me ou te devoro.”

“Decifra-me ou devoro-te, eu sou teu eu interior. Teu verdadeiro eu. Sou teu subconsciente e inconsciente, teus sonhos e devaneios, tuas dúvidas e perplexidades, tuas crenças e valores, teus defeitos e qualidades, amores e ódios, desejos e aversões, fragilidades e fortalezas.

Se não me decifrares não crescerei em consciência, não evoluirei como ser porque o autoconhecimento é o primeiro passo e eu te devorarei ao transformar-te de ser humano livre e autônomo em mero joguete das Parcas, mera folha ao vento do destino.”

Quem não se conhece será sempre refém de suas emoções, de suas desconhecidas crenças limitantes e de suas percepções distorcidas.

Quem não se conhece diz A quando queria ter dito B. Tira conclusões equivocadas sobre si e sobre os outros já que é comandado pelas crenças que tem e desconhece que as têm.

Quem não se conhece tem maior chance de fazer escolhas não benéficas para si mesmo e depois fica culpando fulano ou beltrana ou a má sorte.

Quem não se conhece mais facilmente entra em conflito com os demais.

Quem não se conhece pode ficar marcando passo, estagnado em alguma situação onde não vê saída porque desconhece o próprio potencial ou, ao contrário, pode dar o passo maior que a perna porque desconhece suas limitações.

E lembre-se… Ao se aprofundar no seu lado sombrio, jamais julgue-se ou condene-se… Aquele que É em Si “Ama e Aceita como nós Somos”.

Quem não se conhece não pode amar-se de verdade, pois só após conhecer cada canto obscuro seu, só após chegar ao âmago de sua menosvalia, será capaz de começar a dar valor a todo o brilho que tem a despeito de todo o obscuro que em si encontrou. Irá conscientizar que isso tudo que é – é simplesmente ser humano.

Nem pior nem melhor que todos os demais. Somente diferente em sua individualidade.

espelho_flex

“Conhece-te a ti mesmo.”

 

Fonte: OSegredo.com.br

Tece sua Teia com a Teia da Vida

Imagem relacionada

A aranha simboliza o poder da criação, número 8 (o infinito). poder do feminino e a figura maternal…

Todos viemos ao mundo por meio de um ventre materno…

Antes de tecermos a própria jornada, fomos tecidos primeiramente pela mãe e crescemos amarrados por esta teia vital…

Mas para se tecer a própria história e forma de vida… é indispensável e inevitável romper com esta trama…

A misteriosa aranha, cria armadilhas para se proteger e proteger as suas crias… por conter em si os mistérios da vida, consegue capturar até presas maiores do que ela…

Parte de nosso emaranhado conflito interior, está intimamente ligado ao vinculo materno… mas ao reconhecermos esta fonte criativa… podemos sair dela, e deixarmos de ser dela… e ao mesmo tempo, sermos como ela… integrando-se à teia universal…

Aquilo que tememos nos devora, Aquilo que compreendemos nos liberta…

É em Si

Imagem relacionada

Todos passamos, passados.

Mas ao nos abrirmos à travessia da vida…

Somos por ela atravessados…

E nela transformados.

 

Tu és a Vida, a Vida em Si.

Caminho ao Coração

колючая роза

O perfume olhou para trás,

E viu uma linda flor.

A flor olhou para trás,

E viu um longo caminho de espinhos.

O espinho olhou para dentro,

E viu uma terra fértil.

Olhando mais afundo,

Reconheceu uma pequenina semente,

Que guarda em si a florescência.