Para onde? Paradoxal.

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

Imagem relacionada

“Não há medida para o que haveis feito.

Andando convosco na branda chuva de Buda

Nossos mantos se molham,

Mas nas folhas de lótus

Nenhuma gota permanece.” Richard Baker

 

Quando caminhante e caminho se fundem… A caminhada é repouso…

 

* Poema do livro: Mente Zen, Mente de Principiante – Shunryu SUZUKI