Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Reflexões sobre o Dhamma – Ian McCrorie

lua

“Siga o líder que não procura seguidores, ouça os conselhos de quem não os oferece.

Obedeça estritamente os ensinamentos daquele que fala bem de outros caminhos.

Respeite o guru cujo auto-retrato está ausente das paredes.

Faça oferendas àquele que nada cobra por qualquer ensinamento.

Reverencie aquele que pede se abstenha de tais formalidades.

Entregue-se ao professor que pede para questionar tudo o que ele diz e faz.

E ame o professor para o qual a medida da sua devoção é estar caminhando na trilha.”

 

É tão raro um mestre assim, que possivelmente está em nosso íntimo ser…

 

* Texto extraído do Ebook: A lua aparece quando as águas se acalmam – Reflexões sobre o Darma – Ian McCrorie

“AUM”

Imagem relacionada

a queda

a corrente

e rio

 

O todo permanece impermanente…

“Hari Om”

“tudo flui como um rio.”

Imagem relacionada

senhor

removedor.

amor

remove dor.

 

Ó Senhor Amor… Eu sou filho vivaz… da Senhora Paz…

 

 

Conto Zen: Os Portais do Paraíso

Um orgulhoso guerreiro chamado Nobushige foi até Hakuin, e perguntou-lhe: “Se existe um paraíso e um inferno, onde estão?”

“Quem é você?” perguntou Hakuin. “Eu sou um samurai!” o guerreiro exclamou. “Você, um guerreiro!” riu-se Hakuin. “Que espécie de governante teria tal guarda? Sua aparência é a de um mendigo!”.

Nobushige ficou tão raivoso que começou a desembainhar sua espada, mas Hakuin continuou: “Então você tem uma espada! Sua arma provavelmente está tão cega que não cortará minha cabeça…”

O samurai retirou a espada num gesto rápido e avançou pronto para matar, gritando de ódio. Neste momento Hakuin gritou:

“Acabaram de se abrir os Portais do Inferno!”

Ao ouvir estas palavras, e percebendo a sabedoria do mestre, o samurai embainhou sua espada e fez-lhe uma profunda reverência.

“Acabaram de se abrir os Portais do Paraíso,” disse suavemente Hakuin.