Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Caindo em Silêncio

Deitando-se num sopro, formando um tapete de folhas, caem em repouso… Um frescor de leveza no ar… Retiro do outono…

Imagem relacionada

Outra vez outono e

de novo outro tom.

Em queda livre…

adentro a minha ostra

mais uma – inédita – vez.

Publicidade

Ando elucidAndo

hands-cupping-candle

Na escuridão,

Das noites em claro,

O dia é sem fim.

Está claro, é o fim.

Sonho no escuro,

Desperto na luz.

Via óbVia

Que seja paz em princípio… E amor o caminho…

Imagem relacionada

A simplicidade é óbvia. A obviedade é complexa.

 

O caminho é imprevisível, a cada surpresa refazemos o caminho.

 

“O caminho está no cotidiano”. Dia a dia caminho…

Conto Zen: Três golpes em Tozan

Imagem relacionada

Tonzan foi à presença de Yun-men. Este perguntou-lhe de onde Tozan estava chegando. Tozan disse:

“Da aldeia Sato.”

Yun-men quis saber: “Em qual templo vós passastes o verão?”

“No templo de Hoji, ao sul do lago”, disse Tozan de forma casual.

“Quando partistes de lá?” quis saber Yun-men.

“Em 25 de Agosto”, respondeu Tozan. Yun-men então lhe afirmou:

“Eu deveria vos dar três golpes de bastão, mas hoje eu vos perdôo.”

No dia seguinte Tozan foi até Yun-men, fez uma reverência e perguntou, confuso:

“Ontem vós me perdoastes os três golpes. Entretanto eu não compreendo nem mesmo qual foi a falta que cometi para poder merecer sofrer os golpes que vós me perdoastes!”

Yun-men então repreendeu Tozan desta forma:

“Vós sois inútil. Suas respostas ontem foram sem espírito. Vós simplesmente vagueais de um mosteiro para o outro!”

Ao ouvir as palavras de Yun-men, Tozan obteve o Satori.

 

Foto: Mosteiro Zen Morro da Vargem

BeijaDor Beija-Flor

20190318_095542

O livre colibri…

Com sua rara e elevada energia…

Inspira-nos a viver a nossa jornada de vida…

Com a mais pura alegria, com paixão e compaixão.

Viva com o que dá vida! Vivendo como ele é, consigo!