S O U Luz em sombras.

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

Sobre o tal Encontro indesejado com a Sombra… Provocado pelo Ser… Na Luz da consciência… S O U Luz em sombras…

Sempre acho… Que por vezes estou perdido… Por vezes acho… Que sempre estive no caminho… Mas se procuro, acho… Este é o caminho… 

Black-Swan-Poster-15102010_03

Ao deixar de sentir-se vítima… Deixa também de ser o próprio vilão… Amar-se é assumir a sombra, cair em si, revelando-se a luz da consciência… Dando vida ao herói que em céu coração… É a salvação… 

A cada vez que adiamos o encontro… Com o assombroso engano/desvio que já foi percebido… maior é a sombra do dito inimigo…

Torna-se mais doloroso, moroso e difícil ser amigo… Ser a luz daquilo que em nós é incompreendido…

Adiamos, fugimos, fingimos… Mas não escapamos daquilo que foi vivido, mal passado, ferido, traumatizado… que no fundo está de luto, que ainda permanece velado em nós…

Desatar os nós, se conhecer, se transformar… Autoaceitação, abrir o coração e amar… é experimento, serviço, propósito-desafio, responsabilidade de cada um de nós… É realizar a liberdade de ser… A paz interior… Um-todo a sós…

Ser humano é um processo de humanização… De reintegrar o ser ao humano…. De sintetizar a luz com a sombra… 

Quando a gota d’água finalmente reconhece a nascente… E entrega-se ao fluxo totalmente, ela renasce… E ao renascer, bebemos da fonte… E a fonte damos de beber… Sendo assim um-todo renascente… fluindo, confluente…

 

* Imagens referente ao “esclarecedor” filme Cisne Negro.