Ando centrAndo

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

Centra… Entra no eixo central… Radial… Um todo aberto… Afinando, refinando, sintonizando… O ser consciencial… Que encontra-se no labirinto existencial…

No meio das simultâneas e efêmeras realidades… O aqui-agora…

No meio dos excessos e viciantes facilidades… Um todo…

No meio da decadente e barulhenta babilônia… O silêncio atemporal…

No meio das tempestades e inundações de inutilidades… A sabedoria interior…

No meio do desespero coletivo e da “violência travestida”… A nudez da consciência…

 

Tu és simplesmente sagrado… Comumente extraordinário… “A totalidade não é a perfeição, mas sim o ser completo”… Entregue-se e integre-se a fonte e seja aquele que és renascente… Esvazie-se do peso passado e automaticamente repassado… Caia em si, beba da fonte, tome consciência e torne-se um repleto vazio… Naquela receptiva abertura primordial… A renovável manancial da vida… que dá a luz a vida… Desdobre-se, desfrute de seu renovável potencial criativo… que é a instintiva natureza divina…

Desde os primórdios… Sábios e sábias revelam o primordial… “Sabedoria é prioridade”… Sabedoria é em si perene…