Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Mês: novembro, 2019

Centro, conCentro

Agora… Tudo está no seu lugar…

Resultado de imagem para bussola

Encontrei um norte… Na verdade, me encontro em todas as direções e ao mesmo tempo em nenhum lugar… Basta estar no centro… Para haver sentido…

Na prática, teoria não há.

A prática zen faz bem… Se faz bem a prática zen…

Imagem relacionada

Zen:

Nada

Demais.

 

Reconhecer a via… Se reconhecer na via…

Paz que se faz desfazendo-se…

Nascemos prontos… prontos para a mudança…

Imagem relacionada

“Nada é fixo. Nada é permanente.”

 

Paciência, a tua existência é passageira… São mutáveis teus estados de consciência… Desfazendo-se das próprias negações, ilusões e resistências… Fazendo as pazes com aquele que é, é possível viver em paz… Convivendo pela paz… Como a vida é…

Coração de ouro… Em ti estás o tao tesouro…

Para que não pare… aja, haja força de vontade.

Resultado de imagem para borboleta no casulo

“Um homem estava observando, horas a fio, uma borboleta esforçando-se para sair do casulo. Ela conseguiu fazer um pequeno buraco, mas seu corpo era grande demais para passar por ali. Depois de muito tempo, ela pareceu ter perdido as forças, e ficou imóvel.

O homem, então, decidiu ajudar a borboleta; com uma tesoura, abriu o restante do casulo, e libertando-a imediatamente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas.

O homem continuou a observá-la, esperando que, a qualquer momento, suas asas se abrissem e ela levantasse voo. Mas nada disso aconteceu; na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas, incapaz de voar.

O que o homem – em sua gentileza e vontade de ajudar – não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura foi o modo que a natureza adotou para exercitá-la, desenvolvê-la e fortalecer suas asas.

Algumas vezes, o esforço que parece desnecessário é justamente o que nos prepara para o próximo obstáculo/desafio a ser enfrentado. Quem se recusa a fazer este esforço ou quem acaba não realizando a devida tarefa por uma ajuda equivocada, termina sem condições de vencer a batalha seguinte, e jamais consegue voar até o seu destino.”

Para que a minha vida cresça… Para que a minha vida evolua… Para que a minha vida se transforme… Preciso crescer, evoluir, me transformar de dentro pra fora…

No ar da graça…

Imagem relacionada

Ao amanhecer,

Raro beija-flor paira;

É primavera.

Circulo o Círculo

“Praticar o bem, evitar o mal, cultivar a própria mente.”

Resultado de imagem para enso monja coen

A Simultaneidade do Tempo

“O mundo inteiro está incluso em nós mesmos. É este o princípio por trás que tudo no mundo nada mais é que o tempo. Cada instante de tempo cobre o mundo todo. Quando compreendemos este aspecto da simultaneidade no tempo, isto nada mais é que o começo de nossa prática e compreensão.

Ao chegarmos neste ponto, podemos ter uma muito clara compreensão de toda e cada prática: um capim no prado, cada objeto, cada coisa viva que seja, não pode de forma alguma ser separada do tempo. O tempo inclui todos os seres e todos os mundos.”

 

Fonte: Apontando A Lua – “Não confunda o dedo com a lua.”

 

Adentro e Afora: Aflora.

Imagem relacionada

“Quando não houver saída
Quando não houver mais solução
Ainda há de haver saída
Nenhuma ideia vale uma vida

Quando não houver esperança
Quando não restar nem ilusão
Ainda há de haver esperança
Em cada um de nós, algo de uma criança

Quando não houver caminho
Mesmo sem amor, sem direção
A sós ninguém está sozinho
É caminhando que se faz o caminho

Quando não houver desejo
Quando não restar nem mesmo dor
Ainda há de haver desejo
Em cada um de nós, aonde deus colocou

Enquanto houver sol, enquanto houver sol
Ainda haverá”

 

*Letra da canção “Enquanto houver sol” – Titãs.

“Vejo o futuro. Não vejo a hora.”

“Chegou, chegando gerúndio, como quem pretende ficar.”

Imagem relacionada

“Tudo depende da hora
Fruto, semente e flor
Mas o sonho de mudar o mundo
Ao menos muda o sonhador

Tudo depende da hora
Água, gelo, vapor
Mas o sonho de mudar o mundo
Às vezes muda o sonhador”

 

* Trechos da letra da canção “Fetiche Estranho” – Humberto Gessinger.

* Foto: Contracapa do álbum “Não vejo a hora” – Humberto Gessinger. Ilustração de Felipe Constant.

Afora e Adentro: Aferente.

Resultado de imagem para tao yin yang

O dia é colorido. A noite, preta e branca.

O dia nublado é cinza. A noite nublada também.

O dia sob o sol a pino clareia e… Pinta o céu de azul profundo.

A noite sob a lua cheia ilumina e… Revela o céu profundo.

 

Afundo e afundo. Há fundos e fundos. Mas a fundo me fundo.

Ser alado, amado Ser

Vendo em si… Reconhecendo ao outro…

Imagem relacionada

“O ego é o caminho do self, do mesmo modo que a lagarta é o caminho da borboleta.”

Ao se reconhecer… Nada mais do que ser…