Flor de Udumbara

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

Udumbara significa flor da sabedoria ou flor do vazio. Com seu florescimento, anuncia-se a chegada de um iluminado, um buda.

Sob o microscópio, pétalas e estames da lendária flor Udumbara. Segundo escrituras budistas, floresce somente a cada 3.000 anos.

 

“Ver uma pessoa totalmente desperta, um Buda, é tão raro que é como ver uma flor de udumbara. No mosteiro Tu Hieu, em Hue, há um pergaminho que diz: “A flor de udumbara, embora caída do caule, ainda é perfumada”. Assim como a fragrância da flor udumbara não pode ser destruída, nossa capacidade de iluminação está sempre presente. O Buda ensinou que todo mundo é um Buda, todo mundo é uma flor de udumbara.” Thich Nhat Hạnh

A flor como Arquétipo da Não-Substancialidade: “Aquele que não encontra núcleo ou substância em nenhum dos reinos do ser, como flores que são procuradas em vão em figueiras que não têm, um monge renuncia ao aqui e ao além, assim como uma serpente lança sua pele desgastada.”