Viva o dia para um dia Vivo

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

Do velho passado, um pássaro novo…

Imagem relacionada

Incontáveis vezes tentei, tropecei e caí. Diversas vezes avistei, me aproximei, temi, me acovardei e então, me sabotei. Quantas vezes sofri, me ressenti, me enterrei e não morri. E por inexplicáveis vezes eu morri, mas ressurgi, e como isso acontece eu ainda não sei… só que aqui estou eu outra vez, como da primeira vez… recomeçando… a ser aquele que sou…

 

calibrar

o pensar

ao sentir.

librar

o ser

ao estar.

 

“A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. (…) O fim de uma viagem é apenas o começo de outra.” José Saramago

Aquele que se resgata é o salvador…