Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

“Verso Zen”

por EM SI: LUGAR DE GRAÇA

norway

Antes de entendermos o Zen, as montanhas são montanhas e os rios são rios;

Ao nos esforçarmos para entender o Zen, as montanhas deixam de ser montanhas e os rios deixam de ser rios;

Quando finalmente entendemos o Zen, as montanhas voltam a ser montanhas e os rios voltam a ser rios.

“Os rios que eu encontro,
Vão seguindo comigo…
As montanhas que eu subo,
Quando meus pés trilham descalços,
Sempre me deixam por um fio em seus percalços…

Mas os homens não percebem essa Linguagem,
Por ela não ser linguagem nenhuma…” MonicaVox [maio/2017]

Viva a linguagem nenhuma… que é toda comunicação…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: