Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: 12:12

Tempo de Sincronizar

Talvez, não possa te provar, por isso mesmo provo. Prove…

Imagem relacionada

Puxa vida! Mas que coincidência significativa… Ou seria uma correspondência? Será que há uma lei da reciprocidade? Tipo, um jogo de espelhos, refletindo minha luz? Espelhando minha vontade, minha “vibe”, meu pensamento? Lembrei que é dando que se recebe, colhemos sempre o que plantamos, que sonhos tornam-se realidade… E não é por nada, nada é por acaso…

Imagem relacionada

a sincronicidade

permeia a tudo, a todos

toda a realidade…

sinaliza e orienta

aquele que olha e vê

aquele que acordou para a vida

o buscador da verdade…

está em ti, é em si…

e estará sempre aqui-agora

nas entrelinhas do seu dia a dia…

“O que é, é razão. O que sinto é coração. Siga com o perfume da natureza…”

E parece que eu volto sempre ao mesmo lugar, mas diferentemente…

 

* A quem interessar, segue dois links sobre o fenômeno e experiência sincrônica. Vibração e Sincronicidade, Sincronicidade – Um e-mail da vida. Outra dica é o livro ou filme “A Profecia Celestina”. Existe uma infinidade de conteúdos sobre o assunto… é tempo de sincronizar-se.

Conto: Sereno

Imagem relacionada

Mestre, fale-me sobre o silêncio:

“Sob o silêncio… sereno.”

Sendo: Senda

Cruz

Mudanças profundas

Coincidentemente requerem

Atitudes elevadas…

Sob aquela presença

Altamente profunda

Profundamente elevada…

 

Seguindo os sinais da intuição… Enquanto o verbo se faz ação…

 

Borboleta ama a sua lagarta.

menino

Assim como a vida… é um imutável ciclo de mutação…

Nós, feito laços… estamos neste constante ciclo de autotransformação…

A vida nos dá… e cabe a nós recebermos…

A lagarta aprendeu a voar… ao se conhecer e aprofundar-se… até se transformar em sua versão expandida… livre de seus próprios bloqueios…

A borboleta tão sábia e breve… silenciosa e leve… nos inspira a “transformar momentos difíceis em crescimento e evolução”

 

Ama o seu inimigo…

Ama aquele que é algoz e vítima…

Ama aquele que julga e condena…

Ama aquele que teme e aterroriza…

Ama aquele que odeia e não tolera…

Ama aquele que tem vaidade e inveja…

Ama aquele que nega e foge… 

Ama aquele que mente e corrompe…

Ama aquele que promete e descumpre…

Ama aquele que não persiste e desiste…

Ama aquele que trai e não assume…

Ama aquele que sofre e não perdoa…

Ama aquele que recebe e apega-se…

Ama aquele que não aceita…

Ama o ingrato e injusto…

Ama aquele que não é…

Ama, ama… Ame-se…

“O ego é o caminho do ‘Self’, do mesmo modo que a lagarta é o caminho da borboleta.” Jean-Yves Leloup