Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: a verdade

Existe vida fora?

Pai cósmico. Mãe natureza. Filhos da natureza cósmica.

IMG_20191202_084001_079

Mentir para quê? Mentir para quem? Mentir é… negar para si mesmo que a sua vida é uma mentira.

Não se pode enganar a vida… pois ela nos concede a vida, ela nos tira a vida, ela é a nossa vida.

 

Existe fora da vida… se tudo é vivo e o todo é vida? É vida além da vida… É vida dentro da vida…

Olhando no Olho

20191116_171307

Buscando a verdade no caminho…

Buscando o caminho na verdade…

Buscando em verdade, caminho…

20191116_171238

Seguindo o caminho da fé…

Sendo de fé no caminho…

Sendo de fé, caminho…

 

Maré vai, maré vem… Dê fé, vai… De fé, vem…

 

* Inspirado e agradecido pela “” poema-prece de Cristileine Leão.

A vida eu sou.

Reconhecemos a verdade, por sermos de verdade…

20191015_002838

Gratidão

Por sua

Presença.

 

Aprecie a vida. Tu és a vida.

 

Encontrar o que se procura é importante. Mas cultivar é vital, ir de encontro e encontrar-se a todo instante.

A ver… A vera…

Agora é “acolá, um aqui sem hora” pra chegar…

Resultado de imagem para a ponte que leva

Estamos surdos. O que você não que ouvir?

Estamos cegos. O que você não quer ver?

Estamos iludidos. O que você não quer descobrir?

Estamos enganados. O que você não quer saber?

 

Somos de verdade

Ao revelarmos

A verdade em nós.

Entre no caminho. Atrevesse a ponte. E encontre o outro lado que está dentro de ti.

 

* Imagem retirada do site Roberto Tranjan

“A experiência é luz.”

“Pratica o que se predica.”

17 – A Esperança

Ser paciente.

Ser sereno.

O sendo.

 

“Uns homens pedem sinais para crer e outros pedem sabedoria para obrar, mas o coração esperançoso tem tudo em suas esperanças.”

“A magia da fé cria a tudo”. Fé naquilo que tu és.

 

* Imagem: Tarô Egípcio: Arcano 17 – A Esperança (A Estrela da Esperança)

Vendo. Provendo.

Na ponte… deserto… caminho…

Imagem relacionada

“Como é que se pode provar a verdade?”

“Prove. Provando-se.”

 

A ponte… Entre o que se procura e o que se encontra é… O caminho… Deserto caminho…

 

Chama. Ama.

Chama por aquilo que procuras… E curas… Chamar… Amar… Chama de vida… Chama… Chama por ti… Ama-te…

Imagem relacionada

Procurar a verdade. Descobrir a verdade. Conhecer a verdade. Revelar a verdade. Ser na verdade… dói, é doído desconstruir todo o mal entendido… Mas assim desdobra-se em verdade, na vida, no caminho…

Assumir a nossa verdade, assumir-se como somos… é tomar consciência e se tornar em sã consciência… revisitando-se, resgatando-se e transformando  tudo o que nos foi imposto, o que foi mal formado e deformado, tudo o que nós mesmos deformamos, encobrimos, negamos, rejeitamos, abandonamos… purificando tudo o que não seja verdadeiro, o que não esteja em conformidade com a lei da vida, do amor, que em nós é o que somos…

Na verdade, errar e acertar são polaridades de um só caminho… O caminho da autoconsciência… Existindo nesta realidade dualística, experienciamos a tal Árvore do Conhecimento… Caindo em Si e Despertando, vivenciamos a realidade holística, ascendemos (retornamos) à tal Árvore da Vida… Realizando a verdade, por meio da Autorrealização…

Nenhuma palavra é o Silêncio. Mas em toda palavra está o Silêncio.

Ave! Pouso! Voo! Repouso!

No quesito fantasia… o pássaro é real.

Imagem relacionada

“Um pássaro não teme que o galho quebre… pois sua confiança está em suas asas…” e em seu pleno voo.

Imagem relacionada

“Reconheça a verdade embora doa”… Na chegada, encontramos… Retornamos ao ponto de partida.

PereneMente Atual

Imagem relacionada

hoje, conheci um senhor

antigo, não sei de que idade

fala, em silêncio, sobre…

verdade, amor e liberdade

paz, tolerância e fraternidade

calma, sabedoria e igualdade

hoje, conheci uma senhora

esposa leal e fiel ao senhor

eles geraram um filho por amor

eles lembram que encontraram uma relíquia dourada

com um elixir misterioso numa profunda taça

seria a fonte da juventude, aquele cálice cheio de graça?

hoje, conheci a profunda experiência daquele senhor e senhora…

eis a inominável antiga, perenemente atual presença…

Imagem relacionada

 

Conto Zen Budista

Há uma história indiana de um homem que era ateu e agnóstico, um raríssimo tipo de postura na Índia. Ele era uma pessoa que desejava livrar-se de todas as formas de ritos religiosos, deixando apenas a essência da direta experiência da Verdade.

Ele atraiu discípulos que costumavam se reunir ao seu redor toda semana, quando ele falava a todos sobre seus princípios.

Após algum tempo, eles começaram a se juntar antes do mestre aparecer, porque eles gostavam de estar em grupo e cantar juntos.

Eventualmente foi construída uma casa para as reuniões, com uma sala especial para o mestre agnóstico. Após sua morte, tornou-se uma prática entre seus seguidores fazer uma reverência respeitosa para a agora sala vazia, antes de se entrar no salão. Em uma mesa especial a imagem do mestre era mostrada em uma moldura de ouro, e as pessoas deixavam flores e incenso lá, em respeito ao mestre.

Em poucos anos uma religião tinha crescido em torno daquele homem, que em vida não praticava nada disso, e que, ao contrário, sempre disse aos seus seguidores que ficar preso a estas práticas levava frequentemente a pessoa a se iludir no caminho da Verdade.

Assim ele dizia:

Tenhais confiança não no mestre, mas no ensinamento.

Tenhais confiança não no ensinamento, mas no espírito das palavras.

Tenhais confiança não na teoria, mas na experiência.

Não creiais em algo simplesmente porque vós ouvistes.

Não creiais nas tradições simplesmente porque elas têm sido mantidas de geração para geração.

Não creiais em algo simplesmente porque foi falado e comentado por muitos.

Não creiais em algo simplesmente porque está escrito em livros sagrados; não creiais no que imaginais, pensando que um Deus vos inspirou.

Não creiais em algo meramente baseado na autoridade de seus mestres e anciãos.

Mas após contemplação e reflexão, quando vós percebeis que algo é conforme ao que é razoável e leva ao que é bom e benéfico tanto para vós quanto para os outros, então o aceiteis e façais disto a base de sua vida.