Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: alma

Florescer da preciosa Alma.

Daqui pra frente… Adentro e altamente… Em ti perpetuamente…

Resultado de imagem para transmutar a pedra filosofal alquimia

Somos portadores de uma preciosa pedra bruta… Mas sem lapidação e transmutação… Pesada ela permanece, nos estagnando e nos afundando… nas sombras da inconsciência…

Ao lapidarmos e transmutarmos a bruta pedra preciosa… Elevada ela se torna, brilha presentemente e translúcida nos faz rolar renovadamente… na clareza da autoconsciência…

Urbi et Orbi “À cidade e ao mundo; a todo o universo.”

Presente… em nosso espaço-templo… A alma é uma flor delicada, que guarda em si o perfume do eterno amor… Florescência é o teu fim primordial…

Claramente.

Alva aura. Alma aurora.

Imagem relacionada

alada.

amada.

iluminada.

 

silenciosa.

borboleta.

alvorada.

 

Estado de graça, de gratidão. Dê graças, dê gratidão.

 

“Minha alma me leva para o deserto…” – CG Jung

Imagem relacionada

“Minha alma me leva para o deserto, para o deserto de mim mesmo.

Eu não acho que minha alma seja um deserto, um deserto árido e quente, empoeirado e sem bebida.

A jornada leva através da areia quente, vagarosamente sem um objetivo visível para esperar?

Que estranho é esse deserto. Parece-me que o caminho leva tão longe da humanidade.

Eu faço o meu caminho passo a passo, e não sei quanto tempo minha jornada vai durar.

Por que meu eu é um deserto?

Eu vivi muito fora de mim em homens e eventos?

Por que me evitei? Eu não era querido para mim mesmo?

Mas eu evitei o lugar da minha alma.

Eu era meus pensamentos, depois que eu não era mais eventos e outros homens.

Mas eu não fui eu mesmo, confrontado com meus pensamentos.

Eu também deveria me erguer acima dos meus pensamentos para mim mesmo.

Minha jornada vai até lá, e é por isso que ela leva os homens e os eventos à solidão.

É solidão estar com você mesmo? A solidão é verdadeira somente quando o eu é um deserto.”

 

Carl Gustav Jung – Livro Vermelho.

Fonte: JungCurrents.com

Consigo Mesmo

“Autoaceitação facilita a expansão.”

Imagem relacionada

Vim comigo.

Vou comigo.

Voo consigo.

 

Um Ser. InteiraMente Dual.

 

* Imagem: “Escada da Alma (Ovo Cósmico)”. Anatomia sutil do ser humano, segundo Alan Hopking – DharmaDhannyael.

DE(U)SERTO

“O único enigma é o tempo…”

“Existem tantos caminhos que levam a Deus, quanto almas na Terra”.

“As três coisas que mais estimo na Terra: perfume, a mulher e a oração. No perfume está o segredo da mulher, na mulher está o segredo do amor, no amor está contida a grande oração do universo”.

Imagem relacionada

“Quem conhece a si mesmo conhece seu Senhor.”

“Caso dissessem a um bebê preso na escuridão do ventre de sua mãe, que lá fora existe um mundo iluminado, com altos picos montanhosos, infindáveis oceanos, planícies ondulantes, belos jardins florescendo, riachos, um céu composto por uma miríade de estrelas e um sol escaldante, o bebê sem conhecer estas maravilhas, não acreditaria que tais coisas pudessem existir. Assim como nós, quando enfrentamos a morte. Esta é a razão do medo”.

“Você deve apenas caminhar”. (…) “Aquele que tem fé, nunca se perde”.

 

* Citações dos filmes da “Trilogia do Deserto”, de Nacer Khemir.

* Imagens do filme “Baba Aziz – O príncipe que contemplava sua alma”

13 – Foca no Foco

La Mort no Tarô de Jean Noblet

A morte é mais viva do que parece…

A morte transforma, saca o que deu, dá o fim, devolvendo o princípio, transportando o que é vivo, o essencial…

“Deixando a carne e as cinzas, elevando a alma, o fogo elemental”…

Ela traz o recado: “Não há próximo passo. Este passo é o último do fluxo vital”, o vir-a-ser eterno é ser o fluir, passando e paz sendo… na real, nesta realidade surreal…

Não por acaso, sincronicamente… Há o mito que diz que É preciso renascer para ser vivo…

Rejeitar a existência, é negar o nascimento, o propósito-desafio… Rejeitar a morte, é negar sua finalidade, o eterno caminho…

Claramente o Mistério é que a Vida é em Si Viva… Está no meio de tudo, entre nascer e morrer… a presença de cada presente… o aqui-agora dos tempos… espontaneamente outra igual, uma total, múltipla em sua inteira consciência…

O nascimento é a vinda bem-vinda… A morte é a passagem, bendita ida… A vida é o que ela é, o que está em si-agora, em todo lugar, naquele lugar nenhum… metamorfoseando, circulando… abertamente…

A Morte, no Tarot de Oswald Wirth

 

* Imagens e fonte de inspiração: ClubeDoTaro.com.br – XIII. A Morte (Ou Arcano sem Nome – O Arcano das Transmutações e da Vida Eterna

O caminho que e-leva até o caminhante.

Não tenha medo do espirito, não tenha medo, não tenha, o seja…

Imagem relacionada

Respire-se, a vida é gratidão…

Espiritualidade é o caminho de encontro com o ser essencial, o si-mesmo… é caminhar em si-mesmo… realizar-se na vida, no mundo, em si-agora… sendo como a vida é: outra igual…

Espiritualidade não é ser “diferenciado, especial”… mas ser aquele que é: unicamente universal… É um com o outro, é todo com o um…

Espiritualidade é uma necessidade do ser… de ser vivo… de ser humano integral, existindo essencialmente, vivenciando equilibradamente, convivendo harmoniosamente, autoconsciente da permanente impermanência, sendo afinal, originalmente atual…

E a espiritualidade expande-se a medida em que se aprofunda, e aprofunda-se a medida em que se expande… É como uma relação de amizade… quanto mais próxima e íntima, mais se conhece e se confia… Nos abrimos, ouvimos, comunicamos, nos permitimos desfrutar, enfrentar e crescer com as experiências… É um encontro e troca de energias… Eu dou para receber e recebo ao dar… e assim a energia se renova… constante e continuamente…

eFeito respiração, aspiramos o ar da graça vida, expiramos o que a vida nos inspira…

“Em nome do Incriado, da Criação e Fonte Criativa que nos cria, e assim É.”

Pairando, repouso.

Sahara desert, Sand dunes, Sunset, 5K

“Que meu corpo permaneça à escuta dos ensinamentos de minha alma.

Que minha alma permaneça à escuta dos ensinamentos da minha consciência.

E que a minha consciência permaneça à escuta do Espírito Santo.

Que o mundo da pulsão se submeta ao mundo da alma, da psique.

Que a psique seja iluminada, apaziguada, pelo espírito.

Que este espírito permaneça em comunhão com a Fonte de tudo o que vive e respira. “

Jean-Yves Leloup

Encontro com a Consciência

Na luz, vejo a dor…

Na luz, vejo a verdade…

No escuro, procuro…

No mistério, encontro o amor…

 

Ser ConstanteMente Contínuo… como o Silêncio É…

De Corpo e Calma

com calma… é a alma… quem fala…

silêncio transparente… abertura reluzente… vazio encantador…