Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: amanhecer

Sol a Sol

Quem vai lá? Quem vem lá?

Resultado de imagem para sol a sol o caminho

Aprendo a ser sol,

Lua a lua,

Aprendo a ser… caminho.

No ar da graça…

Imagem relacionada

Ao amanhecer,

Raro beija-flor paira;

É primavera.

Os sinais estão no ar…

Imagem relacionada

viajando para o sereno interior…

gavião pousa no alto… do amanhecer…

borboletas celebram… no colorido jardim da consciência…

sobre a ponte do caminho… um sincero coração aberto…

encontrando o besouro buscador… rumo a morada do silêncio…

Resultado de imagem para coração sincero do buscador

 

Sincrônica Viagem

Somos o meio de ser inteiro princípio…

Resultado de imagem para corujas amanhecer

final de madrugada na praia…

duas corujas, gato preto e pé na estrada…

amanheceu na cidade natal…

1111 na placa, retorno ao princípio, de volta pra casa…

Resultado de imagem para corujas amanhecer

 

* Sobre o meu retorno das férias, um tanto quanto sincrônica.

Caí. E de novo caí em Si.

“Esqueça as curvas da estrada de Santos. Desarme as armadilhas, não me peça explicação. Esqueça o roteiro, não pergunte que horas são, eu não sei.”

Com o desconhecido… aprendo a me conhecer…

Com a pedra… aprendo a me lapidar…

Com a perda… aprendo a não me perder…

Com a derrota… aprendo a deixar ir…

Com o fim… aprendo a deixar vir, enfim, a manhã seguinte…

 

“Se tu quiseres saber quem eu sou. Me dá a tua mão. Vem viver, vem lutar lado a lado. Vem aprender a ganhar e a perder lado a lado. Do meu lado. Me dá a tua mão. Me proteja e terás proteção. Minha mão, meu irmão.” Humberto Gessinger

Em céu jardim…

No colo da mãe, uma rosa florescida… Exalando um perfume de eternidade… 

Stefan Lochner (Hagnau c. 1400/1410 - 1451 Colónia): Madonna de Rose Bower, c.  1440 - 1442, carvalho, 50,5 x 40 cm.  Adquirida em 1848 como um legado de FJ von Herwegh.  Inv.  não.  WRM 0067. Foto: Rheinisches Bildarchiv.

Abri a correspondência.

Desdobrei a mensagem.

Vi, li, recebi… o silêncio sagrado.

 

* Pintura: Stefan Lochner, “Madonna of the Rose Bower” (1440 – 1442)

OuVir é Vir

Imagem relacionada

abrir mão,

dar-se

recebendo.

 

A vida dá o ar da graça… dança feito mudanças…

Conto: Sereno

Imagem relacionada

Mestre, fale-me sobre o silêncio:

“Sob o silêncio… sereno.”

enSoLuAndo

Pela noite

Dormi morto.

Pela manhã

Acordei renascido.

 

Todo dia, outro dia.

Imagem relacionada

nascemos para morrer e renascer…

assim como a vida, que transforma

a noite em dia, todo dia.