“As partes e o Todo”

Imagem relacionada

“Concentre-se no dedo do pé. Feche os olhos e vá para o dedo do pé e permaneça ali. Isso lhe dará equilíbrio, pois a cabeça lhe provocou muito desequilíbrio”. As ondas podem ser várias, mas o oceano é um só. Você acredita estar separado aí e eu aqui, mas basta olhar mais fundo, além da forma, para as raízes, e nós somos apenas uma energia. Somos ramos da mesma árvore. Olhe só para os ramos e eles estão separados, mas no fundo são a mesma árvore. Quanto mais fundo você for, menos multiplicidade irá encontrar. E cada vez mais unidade. No mais profundo, tudo é uma coisa só. O Todo.

“Um dia as Partes encontraram o Todo
Com sua chegada particionada
Percebeu-se atolada no lodo
Mas não poderia se mostrar inclinada

O Todo, cortês, recebeu as Partes com graça
E as Partes, divididas, pareceram perdidas
Em sua mais sublime calma o Todo as abraça
E as Partes se surpreenderam comovidas

Quem é este que a tudo aceita
Que não duvida e nem rejeita
Como pode viver um ser sem escolher?
Desta forma não é possível viver!

Mas o Todo, que tudo sabe respondeu:
Se quer uma vida de sofrimento
Basta mergulhar em seu pensamento
E achar que o que é seu é seu
E o que é meu é meu

E uma das Partes rebateu:
Mas isso é claro como a luz!
Foi assim que cresci e me expus
Cada um tem os seus problemas
E acabam encontrando dilemas!

O Todo riu:
Não precisa ser assim.
Dessa vida nada levamos
Nem problemas e nem enganos
Muito menos o que acumulamos

Então pra que dar tanto valor?
Porque levar tão a sério?
Para que perder tempo com a dor?
Se não levaremos nada ao cemitério?

Vale mais a pena viver em amor
E não buscar desvendar o mistério
Aceitar os fatos sem ardor
E uma vida sem adultério!

Enxergue o Todo e não as Partes
Não divida em dois, eu e você
Pense que todos somos um
E não restará sofrimento algum”

 

Fonte: QueroEvoluir.com.br