Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: beija-flor

g r A TI d ã o

Escreva as palavras que você precisa ouvir.”

Imagem relacionada

GRATIDÃO:

LUGAR

DE GRAÇA

 

Todos nós temos uma história para contar. Contar essa história é a nossa jornada.”

 

* Citações: Karina Heid – O Caminho Interior

Avista A vista

Resultado de imagem para gavião no alto

A vida é…

Uma brincadeira de “esconde, esconde”…

Onde não se pode ser descoberto…

Mas deve se descobrir…

gavião

No alto do templo piramidal… Avisto o gavião repousar sob o sol a pino… Avisto a vista… Avisto-me…

 

* Foto do “Gavião encarando o Beija-flor”: Ciro Xavier da Costa/VC no TG

Vida nua, crua e tua.

Encontrar um sorriso todo… Do que buscar o sorriso de todos.

Beija-flores de ouro por Diana Beltran Herrera

Veja como é.

Veja como são.

Vendo como é são.

Beija-flores de ouro por Diana Beltran Herrera

Viva livremente. Vivendo de coração.

 

* Obra: “Beija-flores de papel dourado” por Diana Beltran Herrera.

…Ora por Ora…

Lugar certo é onde a sua presença está…

Imagem relacionada

Das pedras, a bruta.

Da bruta, a preciosa.

 

Que o coração endurecido… Encoberto por pedras… Possa revelar seu brilho e preciosidade… Hora racha, hora rocha, hora esfarela, hora rola… Abrindo a mente, afinando a atenção, refinando os sentimentos, agindo em sintonia com  consciência, na mais curativa vibração… Lapidando-se até encontrar o ponto central, o espaço aberto, o sol interior, a fonte renascente do céu coração…

 

Foto: “Caminho Zen” –  HW Kateley

Ser Florescência

É com paixão e compaixão… “Saber sofrer, saber calar… Saber se abster, saber morrer”… Ser mago… Ser é pura magia…

A inspiradora parábola das flores sem perfume

Somos flores… A crescer, desabrochar e perfumar…

Mas para vir a exalar o ar da graça… Ver se desvendando… Realizar-se nesta graça…

A existência nos provoca, nos convida, nos testa, nos desafia…

A conhecer a própria natureza, a investigar os mistérios e leis da vida…

Possibilitando por experiência e transformação… Desdobrar todas as pétalas… Até então, não reconhecidas…

Está na cara, de corpo e alma… Que é perene impermanência…

Não se descobre e libera o essencial sem metamorfose, sem a florescência…

Exalar o perfume interior, realizar-se flor de amor… É em si uma alquimia…

Recebe-se a vida… logo, um propósito, uma missão implícita… A jornada, o mito, a saga é descobrir-se o sentido da vida… Devolvendo o que se recebeu… Dando a vida à vida…

A condição é tornar-se incondicional…

BeijaDor Beija-Flor

20190318_095542

O livre colibri…

Com sua rara e elevada energia…

Inspira-nos a viver a nossa jornada de vida…

Com a mais pura alegria, com paixão e compaixão.

Viva com o que dá vida! Vivendo como ele é, consigo!

Em si… silêncio.

20190109_233956

Em silêncio, escuto.
Em silêncio, vejo.

Em silêncio, sinto.
Em silêncio, sem desejo.

Em silêncio e contentamento.

conFluência

Imagem relacionada

nem ir

nem voltar

nem parar:

pairando…

Escolhi abrir-se ao presente em si.

“Há um poço dentro de você. Não ande por aí com um balde vazio. ” Rumi

flor

enfrente um de seus maiores medos:

o medo de si mesmo…

e descubra um dos mais profundos segredos:

a indestrutível vontade de ser, senão, o si mesmo…

hummingbird-helicopter

No silêncio é o lugar em que se molda a verdadeira vontade… Na confiança é que se fortalece a convicção das próprias escolhas… É na experiência que se transforma a ponto de olhar e ver… Mas na hora de jogar-se, na hora de cruzar a margem… Só nos resta a coragem de agir com a confiança no silêncio interior… E ser… o livre… arbítrio… 

“Quando você começa a caminhar, o caminho aparece.” Rumi

Que pena, que leveza.

Imagem relacionada

“A vida não pode ser um conta gotas na tua mão
Uma chuva que não chove, um sol que não sai
A vida não pode ser medida com precisão
Motor que não se move, nuvem que não se vai”

A vida há de ser uma gota em mar aberto, na tua mão

Chuva que sempre molha, sol que sai e sempre vai

A vida é precisa na sintonia do ser com o coração

Amor que nos move, nuvem que vem e vai

 

* Diálogo com a canção “Nuvem” – Humberto Gessinger