Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: desnudar

laço ∞ contínuo

“UNIVERSE : U-INVERSE”

20190626_095651

NEW

:

NOW

.

ONE

:

NEO

O nu : unO

“Se você, não enxerga o caminho, não o verá. Mesmo que caminhe nele.”

Resultado de imagem para SUMIE

desnudar é

receber-se…

por entregar

por confiar

por aceitar

por agradecer

por ser como é.

 

“A forma não é diferente do vazio. O vazio não é diferente da forma”. Um e outro é todo.

 

* Imagem: Restaurante Sumiê

Por princípio, chega ao fim.

Imagem relacionada

“Não espere o tempo passar, pra ver se tudo passa”…

Atravesse as sombras do passado, pra ver que tudo se transforma…

Imagem relacionada

As paixões são cegas, viciam… e terminam em sofrimento…

A compaixão dói, desnuda… mas leva ao fim do sofrimento…

 

* Dialogando com a canção “Basta” – Esteban Tavares.

Dissolvendo-se em Essencial

somos nus…

estamos vestidos,

desnudar-se é propósito-desafio.

amor é princípio… fim e recomeço,

amar é o meio… afinal, contínuo.

 

Sinta-se Renascente.

b4dd29fc3fd46537ab7d0d4408cd3188

Desnudar
Ao nadar
Em mar
Aberto

Naquele
Oceano
Pacífico

Que brota
Da fonte
Cristalina
Em si.

Abrace. Abra-se para o Aberto.

Abra-se e saia da redoma, dome o medo, desperte do coma, abrace e ama…

Imagem relacionada

Faça o casamento místico, equilibre os polos, harmonize os opostos, una um e outro, ele e ela, realize a síntese… seja inteiro em si mesmo…

Enquanto houver em si, uma vítima e um culpado, não há o ser humano autorresponsável… com amor e responsabilidade, tu és compaixão e liberdade de ser…

Aceite-se para sentir-se pertencendo… ao pertencer se reconhece parte do todo… ao fazer a sua parte, realizando seu propósito vital, pode tornar-se inteiro… sendo um com o todo…

Se reconheça luz, iluminando suas sombras… permanecer impermanente, transmutando a morbidez em lucidez… somos oceánicos: partícula-onda…

A Montanha

Resultado de imagem para a montanha sagrada

nascemos ao pé do monte

com o íntimo desejo de alcançar o alto.

mas chegar ao alto não é o fim e sim recomeço…

logo, o caminho é o princípio em si, sendo, transcendendo…

 

O caminho é o meio… do princípio realizar o seu fim: eterno retorno, infinito recomeço…

 

Quando olho e vejo-me… não sou eu, mas eu sou – aquele que é… sagrado…

 

* Imagem: Capa do filme A Montanha Sagrada – Alejandro Jodorowsky

Cheio de razão? Em vão…

O rasgado tira a razão do descosturado. Por sua vez, o descosturado também tira a razão do rasgado. E ambos, cheios de razão, almejam estar impecavelmente bem vestidos.

Porém, estamos todos diferentemente vestidos e por vezes, travestidos. A questão é despir-se, ser nu… independentemente do que esteja vestindo.

 

“A verdade sem amor é inquisição e o amor sem verdade é permissividade.” Jean-Yves Leloup

Oco Repleto

Imagem relacionada

hora cede

hora resiste

feito bambu

vestido

porém nu.

“h o r i F o n t e”

nu

vem

e

vai.

paisagem

fica

ecoando

o

silêncio.