Conto: A borboleta e a flor

Imagem relacionada

“Certa vez um homem pediu a Deus uma flor e uma borboleta. Mas recebeu um cacto e uma lagarta.

O homem ficou triste pois não entendeu o porquê do seu pedido vir errado. E pensou: “Também, com tanta gente para atender…”. Porém, deixou de lado seu pedido, sem maiores questionamentos.

Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixara. Para sua surpresa: Do espinhoso e feio cacto havia nascido uma bela e colorida flor. E a horrível lagarta transformara-se em uma exuberante borboleta.” (Desconheço o autor)

Abrir-se e entregar-se ao Caminho, confiar Nele, no Caminho do Coração…. Ter fé e ser de fé… Esteja em si, seguindo o caminho afora e adentro, encontre-se nas coincidências significativas, nas sincronicidades do seu dia a dia… Identifique os sinais que apontam a direção, mas a nossa escolha e decisão é que nos transforma, realizando a nossa jornada, a tal missão… “Ele escreve certo por linhas tortas”… Escreve certamente no incerto, esperadamente no inesperado, exatamente no inexato… é o fluxo, constante e contínuo, basta confluirmos…