Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: energia vital

O inesperado nos espera…

“Energia contida, não extravasada, vira frustração… que acaba tornando-se agressividade”…

É preciso permitir… fluir o rio vital que jorra de nosso coração… é precioso dar vasão a nossa verdadeira vontade… canalizarmos a inerente criatividade, que revitaliza o nosso ser, para aquilo que nos traz satisfação… (o que te satisfaz?)

Pode ser que não tenhamos precisão… mas é possível e imprescindível… termos “foco, fé e força de vontade” para agirmos no agora de toda e qualquer situação… é exatamente agora que a vida nasce, transforma e se realiza… é exatamente em si que tudo acontece…

Afirme o que te firma, confirme o seu amor que te dá vida…

“Quando nos permitimos ao que merecemos, atraímos o que necessitamos”… “Abundância não se adquire, se sintoniza”…

O caminho certo… está na incerta certeza… que brota no certeiro coração…

Publicidade

Quem és tu?

Quando uma crença muito enraizada… por gerações de antepassados… é dissolvida pela verdade… morremos… mas renascemos…

Por meio da experiência e conhecimento, reconhecemos… a virtualidade, invisibilidade e simultaneidade que a tecnologia nos proporciona com a manipulação da energia… mas reconhecemos que a nossa natureza é feita desta mesma natureza energética, transcendente, multidimensional?

O futuro chegou de presente… é agora para sempre…

 

* Inspirado no post do Blog Monica Vox: A verdade por trás dos OVNIS – Depoimentos, abduções, avistamentos, contatos e os mistérios das pirâmides do Cazaquistão.

Silêncio do Silêncio

quanto menos se fala

mais se ouve…

quanto mais se ouve

menos se fala…

 

* Foto de Gregory Colbert

Lá esteLá

Voo do besouro

Ao encontro do tesouro

Na fonte enfim é ouro…

Feito ouroboros

De olhos fechados descobre a visão

Céu coração na palma da mão…

Afinal o meio busca o princípio

E não há fim nem princípio

Paradoxo: finitos do infinito…

EssencialMente circular

PraticaMente triangular

SimplesMente salutar…

Lar esteLar

Vazio: o todo com tudo

Em desconhecida viagem ao centro de si…

 

 

sOMos UM

presente…

naquele instante qualquer…

entregar-se ao mistério do amor…

é abrir seu coração, com a consciência limpa…

e receber o silêncio da oração, uma revigorante energia…

seja bem-vind@ a feliz cidade da reciprocidade…

é em si a fonte da vida… é na reciprocidade que se completa… a interminável fluência viva… de coração a coração, feito oração que nos unifica…

 

* Inspirado no poema Tipicamente Amor de Cristileine Leão – Blog Depressão com Poesia.

Dou minha gratiDão

Gratidão é quando aceitamos… o que/quem somos… um ser igualmente impar…

Gratidão é quando ofertamos… espontaneamente o que temos de mais sadio… a nossa honestidade…

Gratidão é quando recebemos… o que há de mais sadio no presente momento… agindo com coerência e discernimento…

Gratidão é quando vibramos o que honestamente sonhamos para a continuidade da vida… o exemplo, mensagem e legado que deixamos nesta vida…

Gratidão é reconhecer… a importância de ser o que somos, o meio do princípio realizar os fins especificamente universais…

A energia que não se troca, que não se compartilha… não perde a sua potência, mas ela estagna, perde a direção, inflama, nos incomoda, nos descontrola, nos adoece… desestabiliza o nosso potencial e suga a nossa vitalidade…

Somos em princípio e fins, pura energia… amar é vibrar, amor é fonte de energia, a força criativa, mutável e renovável da vida… é necessário canalizá-la na direção e forma correta, correto quer dizer, em sintonia com a fonte em si… para que a ressonância seja equilibrada e expansiva…

Estar em correspondência com a tua bussola, o céu coração, por meio do silêncio e intuição… para que aí sim, possamos agir em harmonia… com a multiplicidade de seres energéticos no qual convivemos neste mundo… em nosso meio, com a nossa família e amigos, em nossa realidade… no cotidiano comum de nossas vidas…

É tempo de “fim dos tempos”… findar passados mal passados e ainda incômodos presentes… é tempo de renascimento… de despertar para o eterno… em si-agora de qualquer lugar…

A vida misteriosamente nos deu o dom da vida… e ela só espera que reciprocamente doemos aquilo que é vivo e nos vivifica… que manifestemos aquele que somos: centelhas vivas… somos o meio de realizarmos, celebrarmos e elevarmos esta enigmática, inesgotável e amorosa magia…

Seja bem-vindo indo e estando na escola da vida…

Perfume da Quintessência

jardim ensolarado

há em mim um solo arado…

a vida brotando

o silêncio soprando

pétalas vibrando

perfume inspirando

cultivando amores de jasmim…

transparecendo a energia da fonte…

lembrando que a quintessência está em si…

é em ti o lar… neste singular instante… 

 

TotalMente Espontânea

o cosmos é misteriosamente energia.

a pele simplesmente arrepia.