Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: equilíbrio

Brio e Equilíbrio

Ir a luta todo dia. Desfazendo mal-entendidos. Fazendo diariamente as pazes contigo.

Imagem relacionada

Se todos somos únicos, somos todos incomparáveis.

Sendo incomparável…

Você só pode ser melhor do que você mesmo.

Pode ser a melhor versão de si mesmo.

Por princípio, afinal, ser como é, sendo como sou… atualizável…

 

“Estar no mundo com seus altos e baixos, sozinhos ou acompanhados, é parte de uma mesma coisa: existir no aqui e agora.” Fritz Perls

 

Dá vida a sua vida.

Aproveite o dia.

Como se fosse

O último e o primeiro.

Pois assim é…

Imagem relacionada

Há um ponto de equilíbrio… que baliza a vida… Um princípio afinal, que rege os meios… Meios de todo um caminho que é… e somos… Sendo em equilíbrio…

Silêncio… não é esconder, guardar e esquecer aquilo que grita em si… que é senão, a sua vontade encoberta por padrões de pensamentos conflitantes e limitantes… Silêncio é o pano de fundo, um todo que permeia a tudo e todos… Silêncio é a fonte, a ponte e o fluxo… A voz da vacuidade…

Talvez, não se possa acrescentar mais dias a vida… Mas podemos dar mais vida aos dias…

Equanimidade do Ser

“Sê” e não “Se”, eis a questão.

Buscando a verdade,

seguindo a lei da natureza.

Buscando a lei da natureza,

seguindo a verdade.

Agora em Ordem

Pela imagem da Rosa Cruz, Jesus é tirado da Cruz e nela brota a força viva e invencível do Cristo, a Rosa.” Fernando Pessoa

Imagem relacionada

A CRUZ, A ROSA E A ROSA CRUZ

Por que choras de que existe
A terra e o que a terra tem?
Tudo nosso – mal ou bem –
É fictício e só persiste
Porque a alma aqui é ninguém.

Não chores! Tudo é o nada
Onde os astros luzes são.
Tudo é lei e confusão.
Toma este mundo por estrada
E vai como os santos vão.

Levantado de onde lavra
O inferno em que somos réus
Sob o silêncio dos céus,
Encontrarás a Palavra,
O Nome interno de Deus.

E, além da dupla unidade
Do que em dois sexos mistura
A ventura e a desventura,
O sonho e a realidade,
Serás quem já não procura.

Porque, limpo do Universo,
Em Christo nosso Senhor,
Por sua verdade e amor,
Reunirás o disperso
E a Cruz abrirá em Flor.

* Poema datado de 6 de fevereiro de 1934, de Fernando Pessoa

Descubra-se.

Reconhecer como é. Conhecer como sou. Como estou é o desafio contínuo… do caminho… 

20190614_093546

“O autoconhecimento não pode ser dado por outros. O que os verdadeiros mestres fazem é mostrar os caminhos, que já estão em você. Olhe para dentro, apenas você pode atravessar esse portal, não fugindo de si mesmo.”

Faça como o mestre faz, segue o seu caminho…

 

Legítima Vontade

“…a casa do tesouro naturalmente se abrirá e vocês poderão se servir à vontade.”  Mestre Dogen

Imagem relacionada

…o brio

na equidade:

equilíbrio…

 

Vontade é força matriz… Tua vontade é a força motriz…

Silêncio: Espaço-templo.

Em silêncio… Ao silêncio… 

Imagem relacionada

em si está…

o templo do silêncio.

enquanto se está…

em si… em silêncio

está no espaço-templo…

“O Tempo e a Empatia” – Leonardo Maia

Num tempo onde não se pode perder tempo, não temos tempo para as coisas mais essenciais. Essenciais? Sim… o que chega na essência. Para se chegar a essência é preciso dedicação… dedicar meu tempo e meu espaço interior para aprofundar minha percepção.

Resultado de imagem para tempo e empatia

Mas a demanda de compromissos e o tempo corrido não nos permite mais a este luxo. Mesmo quando estamos sem o compromisso, nossa mente não consegue mais desacelerar, e ela continua preocupada (pré-ocupada). O ócio acaba nos trazendo um incômodo, um vazio inquietante.

A vida moderna exige que estejamos atentos e ativos. Tempo é dinheiro, consumo ou diversão (distração). Mas isso nos torna extremamente focados em nossas necessidades e compromissos, nos faltando tempo para olhar o outro. Tempo para ouvir, perceber e acolher o outro com interesse genuíno, não egoísta – onde essa atenção poderia me trazer algum benefício. O sofrimento do outro passa a ser responsabilidade exclusivamente dele, cada um com seus problemas. Eu me torno indiferente a eles.

Mas a calma e a tranquilidade aprofunda minha conexão com o mundo ao meu redor, ao contrário da pressa, que mantém minhas relações na superfície (superficiais). Minha percepção aumenta e com ela, minha sensibilidade e minha atenção. Começo a apreciar as coisas. O mundo, a natureza, o outro, a música, a arte, a solidão e a interação. Para isso é preciso estar no tempo e não correr contra ele.

O tempo é amigo da empatia, a falta dele… da indiferença.
O tempo é amigo da percepção, a falta dele… da insensibilidade.
O tempo é amigo da tranquilidade, a falta dele… da tensão e do estresse.
O tempo nos leva à essência, a falta dele… à superficialidade.
O tempo nos leva ao altruísmo, a falta dele… ao egoísmo.

Se você está correndo demais com seus compromissos, anda muito ocupado e estressado? Cuidado… você pode estar fora do tempo. Procure se proporcionar uma vida com mais tempo: tempo sem compromisso, tempo com a família, na natureza ou qualquer outro tipo de meditação.

por Leonardo Maia

 

Fonte: Antroposofy.com.br

Renunciando. Tomando posse.

“Se o teu olho for simples, o teu corpo será luminoso.”

Imagem relacionada

Antes entardecer, depois noite.

Antes noite, depois amanhecer.

 

Ser… enobrecer… Sereno… nobre ser…

A ermo. A remo.

Conhecimento é lenha. Sabedoria é brasa. Arder, aquecer e iluminar…

ere

solidário dá vida

solitário eremita.

o encontro procura

o encontra por cura.

Solitude… A virtude de ser Sol…