Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag:

Centro do Ser. Lar da Luz. Coração.

“Onde houver erro, que eu leve a verdade.”

Resultado de imagem para luz no coração

Ilumine-se… permita a luz passar pelo coração.

 

Céu infinito.

Ser inteiro

De coração…

Aberta-mente

Receptivo.

 

“Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.”

“Mãos e coração, livres e quentes”

Tudo está suspenso. Contínuo…

Resultado de imagem para amanhecer no jardim

“Hoje eu acordei

Agora eu sei

Viver no escuro.”

 

 

* Trechos da canção “Ilex Paraguarienses” – Humberto Gessinger

Caminho no Caminho

Aquele que não atravessa o próprio casulo permanece lagarta.

Imagem relacionada

Grato pela vida que vivo.

Não sendo ingrato…

Pela vida que não vivo.

 

Agora há um caminho. Agora é o caminho.

Volte e meia recomece…

Resultado de imagem para rio que não cessa

Quando a vida bater forte e a sua alma sangrar
Quando esse mundo pesado lhe ferir, lhe esmagar
É hora do recomeço, recomece a lutar

Quando o mal for evidente e o amor se ocultar
Quando o peito for vazio e o abraço faltar
É hora do recomeço, recomece a amar

Quando tudo for escuro e nada iluminar
Quando tudo for incerto e você só duvidar
É hora do recomeço, recomece a acreditar

Quando você cair e ninguém lhe amparar
Quando a força do que é ruim conseguir lhe derrubar
É hora do recomeço, recomece a levantar

É preciso um final pra poder recomeçar
Como é preciso cair pra poder se levantar
Nem sempre engatar a ré significa voltar

Remarque aquele encontro, reconquiste um amor
Reúna quem lhe quer bem, reconforte um sofredor
Reanime quem tá triste e reaprenda na dor

Recomece! Se refaça! Relembre o que foi bom
Reconstrua cada sonho, redescubra algum dom
Reaprenda quando errar, rebole quando dançar

E se um dia lá na frente, a vida der uma ré
Recupere a sua fé e recomece novamente.

 

* Letra da canção “Recomece”, por Bráulio Bessa.

Viva o dia para um dia Vivo

Do velho passado, um pássaro novo…

Imagem relacionada

Incontáveis vezes tentei, tropecei e caí. Diversas vezes avistei, me aproximei, temi, me acovardei e então, me sabotei. Quantas vezes sofri, me ressenti, me enterrei e não morri. E por inexplicáveis vezes eu morri, mas ressurgi, e como isso acontece eu ainda não sei… só que aqui estou eu outra vez, como da primeira vez… recomeçando… a ser aquele que sou…

 

calibrar

o pensar

ao sentir.

librar

o ser

ao estar.

 

“A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. (…) O fim de uma viagem é apenas o começo de outra.” José Saramago

Aquele que se resgata é o salvador…

Olhando no Olho

20191116_171307

Buscando a verdade no caminho…

Buscando o caminho na verdade…

Buscando em verdade, caminho…

20191116_171238

Seguindo o caminho da fé…

Sendo de fé no caminho…

Sendo de fé, caminho…

 

Maré vai, maré vem… Dê fé, vai… De fé, vem…

 

* Inspirado e agradecido pela “” poema-prece de Cristileine Leão.

A você é claro.

Fé a Guia… E Sabedoria, a Tua ação conjunta…

Resultado de imagem para aguia sabedoria

Águia é

Liberdade e

Sabedoria da Fé…

Liberdade e

Águia é

 

Do céu ser… Do seu ser… Céu do coração…

 

 

Nos Ares do Desapego…

No ar gratuito da graça alcançada…

Imagem relacionada

“Quem quiser subir deve primeiro baixar”. Quem quiser elevar deve primeiro aprofundar. Quem quiser ir além deve primeiro ir adentro.

 

A borboleta vai adentro de sua obscura natureza e de lá, conhecida, reconhecida, transfigurada, desapegada, renascida… volta em si para além de si mesma… dando vida a sua beleza… dando asas a sua vida… liberando suas impurezas e libertando sua pureza de ser… como é…

Em cada etapa/estágio da mudança realizada… Uma nova joia de sabedoria recebida… Quem cresce, vê mais alto, quem eleva-se pode ver além… Mas sem conhecer e reconhecer suas raízes afundo… sobe superficialmente pela escada aparente, porém, é tão somente um castelo de areia movediça…

 

A Luz/Consciência vem das Trevas/Inconsciente, o Cosmo/Ordem brota do Caos/Absurdo… A Lotus atravessa a Lama… A Borboleta cruza a Morte…

Silêncio… que a Voz vem.

O Silêncio Interior… Responde ao Caminhante… Pois É onde está o Caminho… Sempre a Caminho…

Imagem relacionada

Quando perder o sentido… Sente-se e respira profundo… Se o choro vier, deixa vir e deixa sair até as águas do fundo… Doí no peito, mas nos devolve a calma, lava a alma, eleva a consciência e nos retorna ao perene presente… a serena presença… espontaneamente natural…

Sinta o ser que no profundo é sereno silêncio… É aquilo que agora nos acalma e acalenta… paz da alma, paciente mente, silente coração… nem no passado nem no futuro… O presente é tua presença, estar na tua presença… humanamente divina… misteriosamente angelical…

 

Não sou atingido por aquilo que não mais me identifico… Aquilo que integrei, que curei em mim… não mais me falta, então, não me fere mais. Quando você cura a tua solidão… Mesmo estando só, você está com a tua solitude… Sob teu sol interior… Na tua perene e serena presença… Silêncio completo…

Vida retorna Viva

Renascendo é que se torna vivo… Torna a tua passagem de vida em travessia viva… A vida renasce, momento a momento, dia a dia, vida a vida…

A população de diversas espécies de borboletas está em declínio, além de abelhas e libélulas - Edgard Garrido/Reuters

Tente

Novamente

Agora.

 

Tente

Agora

Nova mente.

 

Que as borboletas te acompanhem…