Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: flor de lótus

Núpcias… do Corpo e Alma.

Tu és a essência da flor em florescência…

Resultado de imagem para buda nas bodas

“Qual a Boa Nova?

“Renova as Bodas… Buda…”

Acessa a Luz Acesa

“O mistério se encontra no coração da vida”… Luz!

Resultado de imagem para luz no coração

Não há… Para quem procura garantias…

Mas é… Para aquele que aceita desafios…

Eis o caminho do ser… De coração…

 

Coragem de se procurar a cura… Coragem de acolher-se na procura… Coragem de aceitar-se a cura… ∞

Vivo o Vivo

A vida chama. A chama dá vida. Eis a chama da vida.

Resultado de imagem para chama da vida"

A vida vale a pena ser vivida?

A vida vale a pena ao ser vivida.

E como é que se vive a vida?

Dando vida àquele que é… como a vida é.

 

Ao vivo. Ao todo. Agora.

Ser. Discernir.

“Ouça o que o silêncio diz”… Te diz respeito…

Imagem relacionada

A vida é uma só.

Mutáveis realidades.

Incontáveis existências.

 

Dissolvendo ilusões. Vivenciando desilusões. A verdade permanece.

Sem mudança não há dança.

“Não há jardins sem flores, nem coração sem amor.”

“Sem raiz não há copa.”

“Sem lama não há lótus.”

Sem lagarta não há borboleta.

Alma na pAlma

Na palma da mão… Alma e coração…

20200107_080340

Que seja belo o caminho.

Sejamos belos no caminho.

Caminhando somos belos.

 

O velho sábio-mago (Merlin)  ao encontro do herói-aprendiz (Arthur)… Jornada da alma… Via autodescoberta, autoconhecimento e autorrealização…

Viva o Vivo e Seja a Vida

Não é possível possuir a liberdade… É preciso ser livre… 

o estudo

não é tudo,

mas é tudo

que envolve

a sabedoria.

 

*Obra: “La dame à la licorne”, 1984 – Johfra Bosschart

Lótus : Sol tu

Imagem relacionada

lama fértil.

lótus fértil.

Toda Negatividade é uma Resistência

negatividade

Toda resistência interior é vivenciada como uma negatividade. Toda negatividade é uma resistência. Nesse contexto, as duas palavras são quase sinônimas. A negatividade vai de uma irritação ou impaciência a uma raiva furiosa, de um humor deprimido ou um ressentimento a um desespero suicida. Às vezes, a resistência faz disparar o sofrimento emocional, caso em que mesmo uma situação banal pode produzir uma negatividade intensa, como a raiva, a depressão ou um profundo pesar.

O ego acredita que, através da negatividade, pode manipular a realidade e conseguir o que deseja. Acredita que, através dela, pode atrair uma circunstância desejável ou dissolver uma indesejável. Sempre que estamos infelizes, acreditamos inconscientemente que a infelicidade “compra” para nós o que queremos.

Se “você” – a mente – não acreditou que a infelicidade funciona, por que a criaria? O fato é que essa negatividade não funciona. Em vez de atrair uma circunstância desejável, ela a interrompe ao nascer. Em vez de desfazer uma circunstância indesejável, ela a mantém no lugar. Sua única utilidade é que ela fortalece o ego, e essa é a razão pela qual ele a adora.

Uma vez que você tenha se identificado com alguma forma de negatividade, não vai querer que ela desapareça e, em um nível inconsciente mais profundo, não vai desejar uma mudança positiva. Ela iria ameaçar a sua identidade como uma pessoa depressiva, zangada ou difícil de lidar. Você então passa a ignorar, negar ou sabotar aquilo que é positivo em sua vida. É um fenômeno comum. E também doentio.

A negatividade é completamente antinatural. É um poluente psíquico e existe um vínculo profundo entre o envenenamento e a destruição da natureza e a grande negatividade que vem sendo acumulada na psique coletiva humana. Nenhuma outra forma de vida no planeta conhece a negatividade, somente os seres humanos, assim como nenhuma outra forma de vida violenta e envenena a Terra que a sustenta. Você já viu uma flor infeliz ou um carvalho estressado? Já cruzou com um golfinho deprimido, um sapo com problemas de autoestima, um gato que não consegue relaxar, ou um pássaro com ódio e ressentimento? Os únicos animais que eventualmente vivenciam alguma coisa semelhante à negatividade, ou mostram sinais de comportamento neurótico, são os que vivem em contato íntimo com os seres humanos e assim se ligam à mente humana e à insanidade deles.

Observe as plantas e animais, aprenda com eles a aceitar aquilo que É. Deixe que eles lhe ensinem o que é Ser, o que é integridade, estar em Unidade, ser você mesmo, ser verdadeiro. Aprenda como viver e como morrer, e como não fazer do viver e do morrer um problema.”

(por Eckhart Tolle em O Poder do Agora)

Fonte: DespertarColetivo.com

Sobre e Sob

Fecundo… Afundo fecundo.

Imagem relacionada

Colhemos o que plantamos.

Desfrutamos do que cultivamos.

Somos aquilo que buscamos.

Encontre-se aqui no agora.

 

Sobre a lama fértil. Sob a lótus fértil. Sobre o caminho de fé.