Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: haikai

A seguir…

Caminho a seguir. Caminho vazio.

Imagem relacionada

Olho no Olho

 

O tigre solto

A pureza selvagem

Caminho no zen

No ar da graça…

Imagem relacionada

Ao amanhecer,

Raro beija-flor paira;

É primavera.

“Aos nós, feitos e desfeitos.”

A estátua nos lembra do caminho que há. Nos lembra da impermanência que é.

FB_IMG_1573644392495

Haicai por Ja Fae Francisco:

“Existencial
Cientista temporal
Sem bens, nem o mal…”

 

Meu diálogo com o Haicai:

Atemporal só o tempo.
Ciência e Consciência.
Um Total: De bem com o mal.

 

* Ja Fae Francisco é um amado tio. Tenho o privilégio de ter acesso a um Buscador próximo a mim. Sempre pude aprender muitas coisas sobre a Busca com ele. Hoje sinto-me honrado e agradecido por poder trocar com ele, quase que de igual para igual.

Haicai em 17/03/19.

no-centro-do-labirinto-ha-um-des

Haicai eleva
Adentro ao não-local
Em casa estás

Haicai em 12/03/2019

Imagem relacionada

Do alto se vê

Montanha, o sol e só:

Completamente.

 

* Pedra da Mina, Serra da Mantiqueira – MG. Foto de Lucas Falabello de Luca.

 

Haicai em 09/03/19

IMG_20190226_162420_442

Ontem e hoje

E depois também será

Aqui-agora.

 

* Registro de 30/01/19.

Haicai em 05/03/19.

Imagem relacionada

noite de verão

pousa, chirria, voa

a corujinha

 

* Noite de verão agradável, silenciosa, quase madrugada. Sozinho, na sacada, com vista para o mar, avisto uma coruja que pousa no topo do poste de luz. A poucos metros de mim, ela olha para um lado e para o outro. Chirria duas, três vezes e voa. E eu em silêncio, de observador fiquei.

Haikai para 2019

images (9)

Nua e crua,
As crianças correndo:
Inocência.

Frutos de Haicai

1

ó rosa branca

purifica-me o ser

espinhado ser

rosa vermelha

ó perfume da alma

em nosso jardim

semente, terra

espinhos do caminho

flores úmidas

duro como pedra

fluido, bebo água

de fé, da fonte

fogo e fumaça

cinzas e perfume

incenso em nós

espírito poeta

poesia dá vida

poema fractal

 

por AnowA, em 11/12/2018.

Essenciais Haicais

Este caminho / Ninguém já o percorre, / Salvo o crepúsculo. [Matsuo Bashô]

Caminhão se vai / De uma nuvem de fumaça / Uma borboleta. [Edson Kenji Iura]

Sol do meio-dia / Embaixo da folhinha / A formiga. [Ricardo Silvestrin]

OUTONO (1688)

Cansei da viagem / hoje faz quantos dias? / Vento de outono. 

INVERNO (entre 1687 e 88)

O sol de inverno: / A cavalo congela / A minha sombra.

PRIMAVERA (entre 1684 e 1694)

Borboletas e / Aves agitam voo: / Nuvem de flores.

VERÃO (entre 1681 e 1683)

Vozes das aves. / Nessas horas, um poeta / Não tem mais mundo.

por Matsuo Bashô

 

* Imagem: “Mount Fuji seen throught cherry blossom”, por Katsushika Hokusai.