Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: permanente impermanência

Dar acorDar

Luz acesa. Sombra iluminada.

20200219_093204

a cor dará

a flor dará

amor dará

acordará

 

Mandala dá vida. Mantra vida traz. 

Indo… ouVindo… o Silêncio.

ancient-castle-dunstan

Acredito no inacreditável…

 

Conhecendo o desconhecido

Entregando ao aberto

Aceitando o incompleto 

Confiando ao incerto

Procurando aqui

Encontrando agora…

 

Tornando-se possível

O impossível noutra hora…

 

Eu me Aceito simplesmente como Eu Sou… Perfeitamente Incompleto… Completamente Aperfeiçoável…

Ser Fluxo Paz

Imagem relacionada

Em princípio

Não busca-se um fim

Mas o meio…

Se o princípio é vazio, está na vacuidade… é improvável encontrar a primeira causa. Se o que chamamos de presente, nos escapa a todo momento… por ser um fenômeno temporal, efêmero. E o que se chama de fim é cíclico… possivelmente infinito. É prudente  encontrar o meio, o meio de ser, meio de ser aqui-agora… ser o meio, aberto centro, fluxo, paz…

Ação RespirAção

Quando somos o que somos… Somos a mesma… mudança de sempre…

Toda repetição é uma inédita Ação… Toda mudança é uma repetida Ação…

Viva! É vivo o boneco de neve!

Sinceridade de criança

Um poema espontâneo…

Clara em neve

E doce gemada…

Amada vida em seu gesto efêmero

No silencioso sorriso de boneco…

Gelo que segue derretendo

Ovo que segue renovado…

 

* Inspirado no poema Boneco de neve de Cristileine Leão – Blog Depressão com Poesia