Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: plena presença

AtualMente, Sempre.

Resultado de imagem para flores brotando margarida amarela

Tudo isso para nada disso…

A vida como é. Como nós somos.

Um todo atualizando-se…

 

“O crescimento começa quando começamos a aceitar nossa própria fraqueza.” Jean Vanier

Lugar Nenhum.

Poderoso sol… Poderoso por do sol. Poderoso por-se no sol.

Imagem relacionada

agora onde a atenção está…

voltando ao lar

em todo e qualquer lugar.

voltando ao lar

em nenhum lugar

…onde a atenção está agora.

Legítima Vontade

“…a casa do tesouro naturalmente se abrirá e vocês poderão se servir à vontade.”  Mestre Dogen

Imagem relacionada

…o brio

na equidade:

equilíbrio…

 

Vontade é força matriz… Tua vontade é a força motriz…

Ora é agOra

Imagem

a pouco morri.

pouco a pouco morro.

a pouco renasci.

pouco a pouco renasço.

Uno ao caminho. Uno caminho.

Uma escolha, tantas renuncias.

Imagem relacionada

Fazem nada:

Zen nada faz.

 

A impermanência das coisas. As coisas como são. “Em última instância, nada é obtido.”

Silêncio: Espaço-templo.

Em silêncio… Ao silêncio… 

Imagem relacionada

em si está…

o templo do silêncio.

enquanto se está…

em si… em silêncio

está no espaço-templo…

Tudo e Todos São Um Todo

Reunidos por uma paixão. Unidos por compaixão.

Imagem relacionada

ama-te,

amante.

amaste:

namastê.

 

 “Aquele que habita meu coração, saúda Aquele que habita seu coração.”

c i r c u LÁR v o r e

Totalmente simples… Simplesmente total… Sendo aquela que é: circuLar…

larvore

Raízes, galhos e tronco.

Folhas, frutos e seiva.

Tudo muda. Noite e dia.

Arvorece a sabedoria

Da Árvore da Vida.

Imagem relacionada

“Absorvendo a sabedoria de cada momento, que cada experiência traz. Aceitando serenamente o caminho da vida.” Leonardo Mansinhos

Conto Zen: Poeira

O salão de meditação (zendo) vivia empoeirado, e Chao-chou costumava varrê-lo, assim como ao pátio em frente. Certa vez perguntaram a Chao-chou:

“Por que, mestre, este santo zendo está sempre atraindo tanta poeira?”

Chao-chou exclamou:

“Oh, veja! Ali está outro grão de poeira!!”

 

Meu insight: Ver a vida como ela é, exige clareza mental. Varrer o que ofusca, limpar o que desfoca a mente. Estando abertamente centrado, concentrado no caminho por onde se anda.

A porta do que importa…

Está selado em ti… Abra-se, desdobre-se… E descubra-se a mensagem… Que tanto procura…

Imagem relacionada

É o caminho que importa…

É a jornada que importa…

A travessia é que importa…

Ao ser renascente que somos…

A impermanência que é…

Neste perene presente… em si-agora…

 

“Entregue-se, confia, aceite, agradeça”… Abra a porta para esta presença, que em si mesmo desdobra-te… Revelando aquilo que somos… Nem um nem outro: Um Todo.

Está em casa… Quando se é compreendido… É em nós o laço…