Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag:

É liberdade ao Ser incondicional.

Corpo de Luz… Vida que tu és…

A Corrida Divina de Ganesha

Sol na alma.

Sou na calma.

 

Sua Alma é como Sol… Como Sou… Como É…

Deste dia em diante…

Eterna inocência… E terno inocente…

Resultado de imagem para sol da alma

Iluminar-se de sol interior…

Humildar-se diante do mestre interior…

De volta… Adentrando o caminho de volta… Ó lar circular…

 

A vida é em ti. O vivente está contigo.

Radiant(e) Sou(l)

O visível ser-viu… O invisível se viu…

Resultado de imagem para soul in life

Sol

No coração.

Soul

In life.

“Chamem-me pelos meus verdadeiros nomes”

20190123_090240

“Chamem-me pelos meus verdadeiros nomes
Não digam que parto amanhã
Porque hoje estou ainda chegando.

Olhe bem, a cada instante estou chegando
Para vir a ser botão de flor em ramo de primavera
Para ser passarinho de asas frágeis
Aprendendo a cantar em meu novo ninho,
Para ser lagarta na corola da flor,
Para ser gema oculta na pedra.

Estou ainda chegando para rir e chorar,
Para sentir medo e esperança
O ritmo do meu coração é o nascimento e morte
De tudo o que vive.

Sou a libélula em metamorfose
Em voo sobre as águas do rio
E sou pássaro que se lança ao ar para engolir a libélula.

Sou rã que nada descuidada
Nas águas claras da lagoa
E cobra que em silêncio se alimenta da rã.

Sou a criança em Uganda, só pele e osso
Minhas pernas como gravetos
E sou o traficante que vende armas para Uganda.

Sou a jovem púbere
Que escapa em uma balsa
E que, violentada por um pirata, lança-se ao mar

Mas sou o pirata ainda incapaz de sentir e de amar
Minha alegria é como a cálida primavera
Que faz florescer toda a Terra.
Minha dor é como um rio de lágrimas,
Tão vasto que enche os quatro oceanos.

Chamem-me pelos meus verdadeiros nomes,
Para que eu possa despertar e enfim escancarar
Em meu coração as portas da compaixão.”

por Thich Nhat Hanh

Sun rising. Sun burning.

new sun

new son

now: sun son