Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: resistência

Toda Negatividade é uma Resistência

negatividade

Toda resistência interior é vivenciada como uma negatividade. Toda negatividade é uma resistência. Nesse contexto, as duas palavras são quase sinônimas. A negatividade vai de uma irritação ou impaciência a uma raiva furiosa, de um humor deprimido ou um ressentimento a um desespero suicida. Às vezes, a resistência faz disparar o sofrimento emocional, caso em que mesmo uma situação banal pode produzir uma negatividade intensa, como a raiva, a depressão ou um profundo pesar.

O ego acredita que, através da negatividade, pode manipular a realidade e conseguir o que deseja. Acredita que, através dela, pode atrair uma circunstância desejável ou dissolver uma indesejável. Sempre que estamos infelizes, acreditamos inconscientemente que a infelicidade “compra” para nós o que queremos.

Se “você” – a mente – não acreditou que a infelicidade funciona, por que a criaria? O fato é que essa negatividade não funciona. Em vez de atrair uma circunstância desejável, ela a interrompe ao nascer. Em vez de desfazer uma circunstância indesejável, ela a mantém no lugar. Sua única utilidade é que ela fortalece o ego, e essa é a razão pela qual ele a adora.

Uma vez que você tenha se identificado com alguma forma de negatividade, não vai querer que ela desapareça e, em um nível inconsciente mais profundo, não vai desejar uma mudança positiva. Ela iria ameaçar a sua identidade como uma pessoa depressiva, zangada ou difícil de lidar. Você então passa a ignorar, negar ou sabotar aquilo que é positivo em sua vida. É um fenômeno comum. E também doentio.

A negatividade é completamente antinatural. É um poluente psíquico e existe um vínculo profundo entre o envenenamento e a destruição da natureza e a grande negatividade que vem sendo acumulada na psique coletiva humana. Nenhuma outra forma de vida no planeta conhece a negatividade, somente os seres humanos, assim como nenhuma outra forma de vida violenta e envenena a Terra que a sustenta. Você já viu uma flor infeliz ou um carvalho estressado? Já cruzou com um golfinho deprimido, um sapo com problemas de autoestima, um gato que não consegue relaxar, ou um pássaro com ódio e ressentimento? Os únicos animais que eventualmente vivenciam alguma coisa semelhante à negatividade, ou mostram sinais de comportamento neurótico, são os que vivem em contato íntimo com os seres humanos e assim se ligam à mente humana e à insanidade deles.

Observe as plantas e animais, aprenda com eles a aceitar aquilo que É. Deixe que eles lhe ensinem o que é Ser, o que é integridade, estar em Unidade, ser você mesmo, ser verdadeiro. Aprenda como viver e como morrer, e como não fazer do viver e do morrer um problema.”

(por Eckhart Tolle em O Poder do Agora)

Fonte: DespertarColetivo.com

Obstáculo é o Mestre

“Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens.” Içami Tiba

Imagem relacionada

Fazer das pedras, degraus para alcançar as alturas… ou trilhas para continuar em seu caminho…

Fazer dos espinhos, seu aprendizado e ensinamento, o entendimento do caminho…

Fazer dos limites, desafios para desenvolver seus potenciais e novas capacidades… infinita por natureza…

Fazer das dificuldades, sinais que apontam para o que é preciso transformar, desprender, dissolver, elevar…

 

Só a vida que recebemos é de graça… E só realizamos a nossa vida com esta graça…

Aí está a diferença…

Imagem relacionada

ao ser humilde

se é simplesmente

outro igual…

 

Nada mais nada menos que gratidão por existir… Resistir flexivelmente… É na entrega que se recebe…

E-feito Bambu – Confie no Processo

Não desista

Resista

FlexivelMente

 

“Ele se curva ao vento e à tempestade, tem raízes profundas, vive em comunidade, não cria galhos, é cheio de nós e vazio de si mesmo.”

* “Depois do ataque a Nagasaki o bambu foi a primeira planta a crescer novamente. Uma semente de bambu pode formar uma floresta de bambus em 30 ou quarenta anos.”

Nu e-feito Bambu: Resistente Delicadeza

“Se for pra sempre, seja breve.

Seja firme. Seja leve.

Seja bravo. Seja breve.”

“Breve” – Pouca Vogal