Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: sinceridade

…Ora por Ora…

Lugar certo é onde a sua presença está…

Imagem relacionada

Das pedras, a bruta.

Da bruta, a preciosa.

 

Que o coração endurecido… Encoberto por pedras… Possa revelar seu brilho e preciosidade… Hora racha, hora rocha, hora esfarela, hora rola… Abrindo a mente, afinando a atenção, refinando os sentimentos, agindo em sintonia com  consciência, na mais curativa vibração… Lapidando-se até encontrar o ponto central, o espaço aberto, o sol interior, a fonte renascente do céu coração…

 

Foto: “Caminho Zen” –  HW Kateley

Ama, pois é Amor.

Imagem relacionada

o amor cura

o amor pacifica

o amor salva

o amor ensina

aquele que ama…

a vida como ela é:

amada florescência.

 

contiNua desNudando

caos e disciplina…

paz e propósito…

impermanência contínua…

 

Ser SIncero… SInceridade é ntese…

Se dê e Receba-se.

Quem não admite erros… não está em paz…

Quem não se perdoa… não está em paz…

Quem julga… não está em paz…

Quem ama… aceita o caminho da paz…

“A verdade nos liberta”… Ser verdadeiro nos pacifica… Ser espontâneo nos realiza…

Que a entrega e a confiança… Sejam maiores que o medo e desconfiança…

Que a nossa aceitação e gratidão… Sejam vivenciadas com o coração…

O Encontro tarda, mas se Encontra.

eu escolho… não quero mais viver da sobra do excesso…

eu escolhi… não permito mais viver à sombra do resto…

o melhor de si… é o que dou por mim, por ti, por todo…

todos nós somos laços… entrelaçados… desatando nós…

até o “nó cego” há de ver… ao rever-se…

mesmo só… ser o solidário sol…

 

O que me faz feliz, agradecido e muito gratificado… é que cada lição que venho aprendendo… e que traduzo em texto… resulta em inspiração para pessoas que estão no mesmo propósito de encontrar-se… então, me reabasteço e continuo em frente… neste largo caminho estreito…

Um abraço repleto de força vital para ti…

É uma questão de…

não tenha vergonha de assumir o erro.

tenha vergonha de não assumir o erro.

 

somos imperfeitos… feito para ser… aperfeiçoado…

Viva! É vivo o boneco de neve!

Sinceridade de criança

Um poema espontâneo…

Clara em neve

E doce gemada…

Amada vida em seu gesto efêmero

No silencioso sorriso de boneco…

Gelo que segue derretendo

Ovo que segue renovado…

 

* Inspirado no poema Boneco de neve de Cristileine Leão – Blog Depressão com Poesia