Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: sol

Confiança é Aliança.

Confiando naquele que tu és, a fonte da vida em si…

Resultado de imagem para caminho do amor

“Confie no teu caminho”…

E a verdade se fará cura…

 

Confiando é que se afina o instrumento da paz…

Nada mais que jorNada

Resultado de imagem para emoji mandala

Ser sagrado. Ser é sagrado.

Tudo é sagrado. Tu és sagrado.

É sagrada a existência. Existir é se consagrar.

A jornada da vida é a consagração… Da vida…

 

Transformar uva em vinho, por meio da fermentação. Por meio da fermentação, transformar grão em pão.

❃ E a ação do fogo? Fogo que aquece, que dissolve… Fogo que cozinha, que aça… Fogo que forja, que transforma e transmuta… Fogo solar, fogo da vida, dá vida…

 

Adentro e Afora: Aflora.

Imagem relacionada

“Quando não houver saída
Quando não houver mais solução
Ainda há de haver saída
Nenhuma ideia vale uma vida

Quando não houver esperança
Quando não restar nem ilusão
Ainda há de haver esperança
Em cada um de nós, algo de uma criança

Quando não houver caminho
Mesmo sem amor, sem direção
A sós ninguém está sozinho
É caminhando que se faz o caminho

Quando não houver desejo
Quando não restar nem mesmo dor
Ainda há de haver desejo
Em cada um de nós, aonde deus colocou

Enquanto houver sol, enquanto houver sol
Ainda haverá”

 

*Letra da canção “Enquanto houver sol” – Titãs.

Solar, Luar. Sou Lar.

 Amor é a lei… E a lei dá vida…

Resultado de imagem para sol e lua terra

O sol dá sua luz ao mundo e como ele… vir sendo, servindo. A lua dá sua sombra ao mundo e como ela… repousando, ousando refazer, reluzindo.

“Todo amor é expansão, toda auto-estima é contração. O amor é, portanto, a única lei da vida. Aquele que ama vive, aquele que é egoísta está morrendo. Portanto, amor por amor, porque é lei da vida, assim como você respira para viver.” Sami Vivekananda

“Aprende com o Silêncio” – Jean-Yves Leloup

“Aprende com o silêncio a ouvir os sons interiores da sua alma, a calar-se nas discussões e assim evitar tragédias e desafetos…

Aprende com o silêncio a aceitar alguns fatos que você provocou, a ser humilde deixando o orgulho gritar lá fora, evitar reclamações vazias e sem sentido…

Aprende com o silêncio a reparar nas coisas mais simples, valorizar o que é belo, ouvir o que faz algum sentido…

Aprende com o silêncio que a solidão não é o pior castigo, existem companhias bem piores…

Aprende com o silêncio que a vida é boa, que nós só precisamos olhar para o lado certo, ouvir a música certa, ler o livro certo.

Aprende com o silêncio que tudo tem um ciclo, como as marés que insistem em ir e voltar, os pássaros que migram e voltam ao mesmo lugar, como a Terra que faz a volta completa sobre o seu próprio eixo, complete a sua tarefa.

Aprende com o silêncio a respeitar a sua vida, valorizar o seu dia, enxergar em você as qualidades que você possui, equilibrar os defeitos que você tem e saber que precisa corrigir e enxergar aqueles que você ainda não descobriu.

Aprende com o silêncio a relaxar, mesmo no pior trânsito, na maior das cobranças, na briga mais acalorada, na discussão entre familiares…

Aprende com o silêncio a respeitar o seu “eu”, a valorizar o ser humano que você é, a respeitar o Templo que é o seu corpo, e o Santuário que é a sua vida.

Aprende hoje com o silêncio, que gritar não traz respeito, que ouvir ainda é melhor que muito falar…

Na natureza tudo acontece com poder e silêncio, com um silêncio poderoso; por vezes, o silêncio é confundido com fraqueza, apatia ou indiferença.

Pensa-se que a pessoa portadora dessa virtude está impedida de reclamar seus direitos e deve tolerar com passividade todos os abusos.

Acredita-se que o silêncio não combina com o poder, pois este tem se confundido com prepotência e violência.

O Sol nasce e se põe em profunda quietude; move gigantescos sistemas planetários, mas penetra suavemente pela vidraça de uma janela sem a quebrar.

Acaricia as pétalas de uma rosa sem a ferir, e beija as faces de uma criança adormecida sem a acordar; aí uma vez vamos encontrar na natureza lições preciosas a nos dizer que o verdadeiro poder anda de mãos dadas com a quietude.

As estrelas e galáxias descrevem as suas órbita com estupenda velocidade pelas vias inexploradas do cosmos, mas nunca deram sinal da sua presença pelo mais leve ruído.

O oxigênio, poderoso mantenedor da vida, penetra em nossos pulmões, circula discreto pelo nosso corpo, e nem lhe notamos a presença.

A luz, a vida e o espírito, os maiores poderes do universo, atuam com a suavidade de uma aparente ausência.

Como nos domínios da natureza, o verdadeiro poder do homem não consiste em atos de violência física, quando um homem conquista o verdadeiro poder, toda a antiga violência acaba em benevolência.

A violência é sinal de fraqueza, a benevolência é indício de poder.

Os grandes mestres sabem ser severos e rigorosos sem renegarem a mais perfeita quietude e benevolência.

Deus, que é o supremo poder, age com tamanha quietude que a maioria dos homens nem percebem a Sua ação.

Essa poderosa força, na qual todos estamos mergulhados, mantém o Universo em movimento, faz pulsar o coração dos pássaros, dos bandidos e dos homens de bem, na mais perfeita leveza.

Até mesmo a morte, chega de mansinho e, como hábil cirurgiã, rompe os laços que prendem a alma ao corpo, libertando-a do cativeiro físico.

O verdadeiro poder chega: sem ruído, sem alarde e sem violência.
Sempre que a palavra poder lhe vier à mente, lembre-se do Sol: nasce e se põe em profunda quietude; move gigantescos sistemas planetários, mas penetra suavemente pela vidraça de uma janela e você só sabe pelo calorzinho que ele proporciona.

Acarinha as pétalas de uma flor sem a ferir, beija as faces de uma criança adormecida sem a acordar.

“Bem aventurados os mansos, porque eles possuirão a Terra.”

Fonte: Ventos de Paz

Lugar Nenhum.

Poderoso sol… Poderoso por do sol. Poderoso por-se no sol.

Imagem relacionada

agora onde a atenção está…

voltando ao lar

em todo e qualquer lugar.

voltando ao lar

em nenhum lugar

…onde a atenção está agora.

De Si… Desci Mesmo.

Sol que renasce de si mesmo. Soul que renasce em si mesmo.

“O escaravelho, inseto sagrado para os egípcios, nos remete a imagem cíclica de imortalidade. Associado ao verbo kheter, a significar “vir à existência”, corresponde à imagem do sol que renasce de si mesmo.

O escaravelho passa o dia inteiro empurrando entre as patas uma bolinha feita de suas fezes enquanto o sol está cruzando os céus em direção ao ocaso. Com a chegada da noite ele a enterra, e a fêmea vem colocar aí seus ovos. Ao amanhecer, um jovem escaravelho nasce do excremento para de novo acompanhar o astro rei em seu caminho.

Tal qual o sol que ressurge das sombras da noite, o escaravelho renasce da própria decomposição. O velho escaravelho morre, mas do ovo que fecundou sai outro escaravelho, como a alma se escapa da múmia e sobe para o céu. Assim, o insecto era, para os egípcios, o símbolo da vida que se renova eternamente a partir de si mesma.”

Haicai em 12/03/2019

Imagem relacionada

Do alto se vê

Montanha, o sol e só:

Completamente.

 

* Pedra da Mina, Serra da Mantiqueira – MG. Foto de Lucas Falabello de Luca.

 

OM. dOM.

Imagem relacionada

domar o medo.

do mar o amor.

do amor o mar.

Claro Mistério

Lar, flor e ser… Exalar, florescer… Perfume essencial…

cheiro

Num silêncio esclarecedor ouviu:

“Não duvide. Dê vida...”