Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: sopro

Em paz, entregue.

Imagem relacionada

Qual é o sentido?

“O sentido é… daqui para frente, de agora em diante, em si para sempre.”

E o que foi?

“Será, se ainda é…”

 

Silêncio. Quietude. Repouso.

siga sua vocação… a voz do coração…

Imagem relacionada

aquele que…

encontra

o seu caminho

encontra

o caminho dele

 

Segue o vento e o silêncio…

Resultado de imagem para vento silencio zen

O lar está no olhar… de quem vê…

A chave está na mão… sempre…

A fechadura em mente… não mente…

A porta no coração… abertamente…

 

Enfrente em paz… Em frente consigo…

Sendo: Senda

Cruz

Mudanças profundas

Coincidentemente requerem

Atitudes elevadas…

Sob aquela presença

Altamente profunda

Profundamente elevada…

 

Seguindo os sinais da intuição… Enquanto o verbo se faz ação…

 

ObviaMente o Segredo em Si

Resultado de imagem para deserto do atacama

“Nenhum vento sopra à favor de quem não escolhe para onde ir.”

“Todas as coisas são difíceis antes de se tornarem fáceis.”

“Cada dia é uma nova chance de fazer certas coisas e de fazer certo as coisas.”

“Tentar não significa conseguir. Mas, certamente, todos os que conseguiram tentaram.”

PresenciAndo o Sopro

10671341_282810861918403_6641858959066591539_n

o cego, obteve a visão

o surdo, ouviu o silêncio

o mudo, soprou o verbo

 

Quando deixa de se comparar, admite erros, reconhece o que é erro… Quando deixa de julgar, ouve o silêncio, entende a verdade… Quando deixa de ter-se e entrega-se ao ser, compreende-se ao se encontrar… em nada… do que parece ser…

Conto: O iniciado caminho

Imagem relacionada

Ventilou, o sopro sussurrou:

“Esteja no caminho…”

O ouvinte, de imediato perguntou:

“Que caminho?”

“Onde agora é o lugar…”

por AdriAnowamente

Não sinta, sintas…

Não sinta… pena de si…

Sintas o Sopro… que É em ti…

Sinta o Voo… que é Si mesmo…

Coleção de penas. Encontros de Liberdade.

IMG_20180112_104950_652

Reconhecer o erro

Não é uma pena

É o voo… do Sopro…

Em nós, laço infinito…

Eu sou borboleta…

Nas asas, no casulo, na lagarta…

O voo no sopro… o sopro no ser…

 

Quando digo que “Eu Sou”, “Tu És”… quando sinto que “Tu És”, “Eu Sou”…