I N O W A

EM PAZ. POR AMOR. TUDO ACABA DE ACONTECER.

Tag: transformação

O fogo que nos transforma – Rubem Alves

Preciosa mudança… é preciso no impreciso mudar.

Resultado de imagem para o fogo da pipoca estoura

“Como o milho duro, que vira pipoca macia, só mudamos para melhor quando passamos pelo fogo: as provações da vida.

A transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação por que devem passar os homens, para que eles venham a ser o que devem ser. O milho da pipoca somos nós: duros, quebra-dentes, impróprios para comer, mas que, pelo poder do fogo, podemos, repentinamente, voltar a ser crianças!

Mas a transformação só acontece pelo poder do fogo. O milho de pipoca que não passa pelo fogo, continua a ser milho de pipoca. Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito, a vida inteira.

O fogo é quando a vida nos lança em uma situação que nunca imaginamos. Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, ficar doente, perder um emprego, ficar pobre.

Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão – sofrimentos cujas causas ignoramos.

Há sempre o recurso dos remédios que apagam o fogo. Sem fogo, o sofrimento diminui. E com isso a possibilidade da grande transformação. Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro, ficando cada vez mais quente, pense que a sua hora chegou: “vou morrer”.

De dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar destino diferente. Mas subitamente, a transformação acontece: pum! – e ela aparece como outra coisa, completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado.

Mas existem pessoas PIRUÁS que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem. Ignoram o dito de Jesus: “Quem preservar a sua vida, perdê-la-á.” – A sua presunção e o seu medo são a dura casca do milho que não estoura. O destino delas é triste. Vão ficar duras a vida inteira.

Não vão se transformar na flor branca macia. Não vão dar alegria para ninguém.

Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás, que não servem para nada. Seu destino é o lixo.

Quanto às pipocas que estouraram, são adultos que voltaram a ser crianças e que sabem que a vida é uma grande brincadeira…”

 

* Rubem Alves (1933-) é escritor, pedagogo, teólogo e psicanalista.

Anúncios

Quem não deve, se entrega.

A pacífica beleza da cor branca… está na invisível presença de todas as cores do arco-íris.

“Não há nada no mundo que valha realmente a pena… e seja fácil.” Pois nascemos para renascer… caímos para levantar, saímos para retornar, desconhecemos para conhecer, imperfeitos para aperfeiçoar, perdemos para reencontrar a outra metade igual, fundir-se e dar à luz… Dar a vida… Dar luz, vida… A própria obra-prima…

 

O caminho é o ouro. Caminhar é um tesouro. O que há de mais precioso é em si.

 

* Imagem: PsiqueObjetiva

“Se eu fosse uma cobra…”

“Se fosse uma cobra teria me picado!” (“Usávamos esta expressão ao encontrar algo que procurávamos e estava na nossa cara o tempo todo.”)

Imagem relacionada

“tá legal

tô ligado

a cabo

a tudo

que acaba

de acontecer”

 

“O mundo, assim como a gente, nunca está pronto. Vive mudando. Muda pra viver. Ser contra todas as transformações faz tão pouco sentido quanto ser a favor de todas elas.”

 

* Citações e imagem de Humberto Gessinger.

Nós mortais. Vós mutais.

Mutar… perMutar…

20190316_134311

Mutando, muta

A vida é uma

Permuta.

Consciência limpa. Alma livre.

Em síntese… Ande na trilha sonora do silêncio… Em si…

Da beleza oculta ao silêncio esclarecedor…

Da misteriosa metamorfose ao voo da liberdade…

Borboleta livremente encontrou a sua verdade…

Imagem relacionada

Flores que voam e cantam o perfumado silêncio…

Do veneno é que se faz o antidoto.

“O segredo da noite é que ela é uma iluminação.”

Imagem relacionada

Aprendemos na dor com amor…

A dor é a margem

Amor é a ponte

Amar é o caminho, o atravessa-dor…

Olhar e ver, ouvir e escutar… Aceitar, acolher o sombrio em nós, assumir a sombra… Pois “é na sombra que enxergamos a luz” da vida… Mas enquanto não nos apropriamos do veneno que está em nós… Julgamos, negamos, mentimos, culpamos e acabamos nos envenenando, fragmentando, perdendo-se nas próprias ilusões, ficamos aprisionados… Porém se tomarmos posse do mal-estar que nos habita… As mágoas, a raiva, o orgulho, o ódio, o ciume, o medo, a inveja, etc… Podemos realizar a alquimia interior, transmutar o veneno em antidoto, o mórbido em vida… O dito mal, o negativo, destrutivo… É surpreendentemente o potencial, o combustível para a transformação do lamacento em fluido, do repetitivo em renovável, do estagnado em fluxo…

Imagem relacionada

Ser vivo, vivente… Realizar a passagem noite e dia… Morrer para o que não tem mais vida… O que protege e nutre o renascimento da árvore… são as folhas caídas… 

De(s)pressão. Se dê o respeito.

Sem casulo não haveria borboleta… Coragem!

Imagem relacionada

não dê pressão…

dê abertura, dê ouvidos.

não dê pressão…

dê tempo, dê atenção.

não dê pressão…

dê colo, dê carinho.

não dê pressão…

dê trégua, dê a mão.

não dê pressão…

dê permissão, dê o seu perdão, de coração… a si mesmo.

 

Dê um passo de cada vez, dê paz outra vez… Dê sentido ao caminho, decidindo aceitar o que se faz e o que te fez…

Estamos todos no mesmo caminho… de retorno a si mesmo.

 

O Ponto Aberto

no caminho interior… há espinhos e perfume… se elevar-se ao desabrochar… da rosa flor…

mandala rosa

cruzando a dualidade humana

exalando a florescência

encontrando-se em unidade divina

“O amor se transforma”

flor-de-lotus-rosa-wallpaper

“a vida é problemática

apenas quando desejo que ela

seja de outra forma”.

aceite a vida

como ela é:

de outra forma

dê outra forma…

 

 

* Título/citação de Francielle Cordeiro do blog DesenrolaCordeiro.

* Citação de Ian McCrorie.

Sê lar. Ao aberto regressar.

“Sem lama não há lótus.”

lotus

sendo leve, elevando

acessando a alma, acalmando

sendo em si, silenciando…

 

libertando sofrimentos… amando aquele que sofre… aceitando aquele que inevitavelmente gera sofrimentos… mas transforma em cura…