Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: virgem maria

Trinado da Ave

O canto do pássaro… Perpassa os quatro cantos… Circulando o lar triangular…

Screenshot_20191205-231123_Samsung Experience Home

Cruzando o caminho.

Coroa de estrelas.

Rosa de coração.

Círculo em circulação.

 

Correspondendo aos Sinais…. Sinalizando a correspondência…

cOM O Mestre

 

220px-Holygrail

amaria como mestre.

amaria com o mestre.

a maria como mestre.

Caminhando a Fé.

Ave Mãe, Ave Maria… Amar, Amar, A Maria…

Com amor e tolerância.

Compaixão e paciência.

Com justiça e consciência.

 

O intuito é ser de graça… A intuição é de graça… A graça é ser como é… De coração, gratuita gratidão…

Imaculado Coração da Vida

Avante e Afundo. Aqui e Agora.

IMG_20191002_001053_943

Abra portas em si.

Atravessando os cruzamentos do caminho estreito… a céu aberto.

Luz é portal em ti.

 

* Foto: Vitral da Paróquia Imaculado Coração de Maria. (Curitiba/Brasil)

Por orar, agora.

Em silêncio orar, em silêncio vigiar… Com ele, o silêncio guia…

Imagem relacionada

Agora desfaço passados.

Agora refaço futuros.

Agora eu sou presente.

Eu sou tua presença…

 

Silêncio e oração… Voltar-se a fonte… Em mente, de coração.

Sem julgamentos, sem preconceitos, está a sua pureza… Sua inocência, fonte renascente, está a sua sã consciência… Que é mãe e pura inocência… em si…

Até a Fé

Ave tu és… Ser és tu… Mãe de um deus…

Resultado de imagem para ave fenix ave maria

Ave fênix

Ave viva

Ave maria

 

* Capa do álbum “Ave Fenix” do artista Lito Vitale.

OMundo

O mundo real… A realeza renascente, selada em si.

Imagem relacionada

O DOM NU

DOM UNO

UM DONO

NO MUDO

O MUNDO

 

Pairando sem parar… Repousando sem pousar… Suspenso sem pensar.

A totalidade centrada em si… O caminho de agora em diante.

 

* Carta “O Mundo” do Tarô Mitológico. “Representa a realização interior, o encontro do próprio lugar no mundo, a obtenção da justa recompensa pelos esforços realizados. O arcano também nos mostra a alegria de viver e de festejar as conquistas alcançadas. O Mundo evoca o amor à humanidade, o cumprimento tarefas sociais, o desejo de aperfeiçoar tudo que se faz, seja por necessidade, seja por lazer. Sugere que nos apresentemos no mundo de forma natural, espontânea, com nossos dons naturais, sem artifícios, implantes ou plásticas. Procure colocar a espontaneidade em primeiro lugar e aceitar com criatividade os limites que o mundo e a sociedade colocam.

Em céu jardim…

No colo da mãe, uma rosa florescida… Exalando um perfume de eternidade… 

Stefan Lochner (Hagnau c. 1400/1410 - 1451 Colónia): Madonna de Rose Bower, c.  1440 - 1442, carvalho, 50,5 x 40 cm.  Adquirida em 1848 como um legado de FJ von Herwegh.  Inv.  não.  WRM 0067. Foto: Rheinisches Bildarchiv.

Abri a correspondência.

Desdobrei a mensagem.

Vi, li, recebi… o silêncio sagrado.

 

* Pintura: Stefan Lochner, “Madonna of the Rose Bower” (1440 – 1442)

Cruzar e Florescer: Perfumado Mel.

“A rosa dá o mel às abelhas.”

Imagem relacionada

eros.

rose:

o ser

Imagem relacionada

“O símbolo da Rosa Mística é que se um homem cuida da semente com a qual ele nasce, dá-lhe o solo certo, dá-lhe a atmosfera certa e as vibrações certas, move-se num caminho certo, onde a semente pode começar a crescer, e o final do crescimento simbolizado como a Rosa Mística: Quando seu ser floresce e abre todas as suas pétalas e libera sua bela fragrância.” Osho

Tema: Não Tema

“…à mais profunda e elevada presença.”

“Que eu possa ser uma flauta de bambu na qual o Sopro da Vida toque sua melodia…”

Todos temos sofrimentos, apegos e ignorância… Mas há quem esteja mergulhado em sofrimentos, apegos, ignorância e raiva… muita raiva, numa ira que provoca repetidamente, velhos e novos inimigos…

Para poder… ilusoriamente sentir-se que está do “lado do bem”… e alimentar sua sensação de poder, de controle e domínio… mas o “justiceiro” ao mesmo tempo olhar-se no espelho e enxergar-se a vítima de tudo isso…

Não aceita o outro como ele é, não permite que o outro seja o que ele é… não aceita a vida como ela é… Pois simplesmente não aceita-se… e infelizmente é o próprio inimigo infeliz…

Não rivalize, não negue, não rejeite, não tema… sim aceite, sim perdoe, sim reconcilie, sim respeite… faça as pazes consigo mesmo, pois assim é… simplesmente… ser livre… dos próprios algozes…

 

Não julgue nem culpe, lamente se preciso, mas abra-se e limpe a mente e o coração… Silenciando, aceitando, deixando passar todo e qualquer pensamento… Esvaziando toda aquela água parada no coração… Retornando à Fonte, renovando-se… Preservando-se repleto de paz…

Cada dia de uma vez, cada noite outra vez, mais uma vez é: um… novo… presente…