Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: voar

Voa! Voa de volta pra vida…

Resultado de imagem para borboleta sai do casulo

Uma borboleta nasceu.

Uma lagarta morreu.

Em sua crisálida a metamorfose ocorreu.

O que era denso, diluiu, dissolveu.

O encoberto se despiu, reapareceu.

 

As borboletas deram sinais… É tempo de voar…

Segue as antenas como a borboleta faz…  

Recebendo-me inteiramente.

Abro-me para a luz da consciência que é em mim… E ilumino as sombras da ignorância que amedrontam-me…

Imagem relacionada

Já está em mim

aquilo que procuro.

Aceito-me como eu sou

e assim me curo.

Sigo a me curar

encontrando-me

a cada instante da vida.

Viva! Eu sou em si a vida…

passAndo, paz Sendo

Resultado de imagem para travessia paz

Sou céu

Soul sol

Tão soMente

Um Total

 

ser luz, ser c r u z ame n t o . . .

Olho no invisível Olho

Imagem relacionada

olho para baixo, vejo penas…

olho adiante, batendo asas…

vejo dentro, pleno voo…

Não é suportar obstáculos, mas superá-los…

Imagem relacionada

“O melhor presente que podemos dar é a nossa própria transformação.”

De repente…

Uma borboleta, presa no casulo…

Uma borboleta, condicionada a lagarta…

Uma borboleta, ziguezagueando no mesmo lugar…

Uma borboleta, batendo, se batendo sem bater as próprias asas…

Uma borboleta apegada, pregada no passado que não passa, pois ainda não o deixa passar… mas tudo passa… porém, cabe a nós sermos a livre travessia desta passagem…

“O que você nega o subordina. O que você aceita o transforma.” Carl G. Jung

Das penas, o voo

img_6130_modifier3web_by_clair0bscur-dasi9my

A nuvem sob os 4 montes…
O caminho sob os 4 ventos…
Na fonte com os 4 elementos…
Eu sou o 5° elemento…

Transformar as penas em plumas… para realizar o voo…

A Via. E Vou.

Havia apenas
Há penas
E voo.

A MARiposa

10250211_654171254667640_2242769346576089607_n

por um bom tempo,

caminhei feito lagarta.

passei tempos,

dentro do casulo, no escuro.

cai, levantei, encarei,

transmutando, transformei.

me dei conta de que é hora de voar,

já criei asas…