Um Sol Coração

Onde a vida está? Onde tu és?

Tag: voz do coração

Silêncio… que a Voz vem.

O Silêncio Interior… Responde ao Caminhante… Pois É onde está o Caminho… Sempre a Caminho…

Imagem relacionada

Quando perder o sentido… Sente-se e respira profundo… Se o choro vier, deixa vir e deixa sair até as águas do fundo… Doí no peito, mas nos devolve a calma, lava a alma, eleva a consciência e nos retorna ao perene presente… a serena presença… espontaneamente natural…

Sinta o ser que no profundo é sereno silêncio… É aquilo que agora nos acalma e acalenta… paz da alma, paciente mente, silente coração… nem no passado nem no futuro… O presente é tua presença, estar na tua presença… humanamente divina… misteriosamente angelical…

 

Não sou atingido por aquilo que não mais me identifico… Aquilo que integrei, que curei em mim… não mais me falta, então, não me fere mais. Quando você cura a tua solidão… Mesmo estando só, você está com a tua solitude… Sob teu sol interior… Na tua perene e serena presença… Silêncio completo…

Saber aprender. Saber ouvir-se.

“A vida é tua, é só tua, só tu és capaz… De reinstaurar a paz que nasce com todos nós… eis o laço dentro de nós.”

Resultado de imagem para intuição

Intuição… Luz da Consciência sobre a ilusória escuridão.

Está claro… na Luz da Impermanência.

É escuro na ideia da dualidade, ideia de separação, na negação da permanente impermanência. Todos são pares. O Todo é um só par.

Discernindo o perene ser daquilo que parece ser.

 

Intuição… a Voz daquilo que é São.

Vossa San(t)idade

“Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amar eu nada seria.”

Imagem relacionada

Com lucidez…

Deixo a luz passar por mim…

E transparecer o numinoso em mim…

 

“A luz não se mistura, ela pode iluminar o que for e a quem for. Que sempre permanece incontaminada.  A luz clareia a tudo e a todos sem distinção. Ilumina tanto uma pedra como uma frágil teia de aranha sem danificá-la.”

Realizar-se Canção

Íntimo ser. Testemunha de sua existência. Voz do silêncio. Sã consciência.

Imagem relacionada

Krishna, a voz fraterna do amigo…

Tao, a voz do caminho…

Buda, a voz do silêncio…

Cristo, a voz do verbo…

Canções do coração…

 

Diferentes avatares, mestres, discípulos, guias da humanidade… Estiveram e estão por aí… São arquétipos da síntese, do self, da sã consciência… Exemplos históricos-simbólicos de seres “autorrealizados”, legítimos modelos de como os humanos podem vir-a-ser como são: um-todo… Uma saudável e perene essência realizando-se em conformidade com a ordem da vida… Via autoconsciência e fraterna coexistência…

Faça como o mestre faz… Busca o mestre, Descubra o mestre e Segue o seu caminho…

A mensagem é uma só… Desdobrando-se na consciência… Feito flor de lótus… Como tu és…

 

 

O ponto cardeal.

No centro, o ponto cardeal. No aberto, o ponto final.

caradeal

Oriente-se… A bússola aponta sempre para o norte… Não importa qual direção deseja seguir… Siga com a bússola… Em si está a rosa dos ventos…

A porta do que importa…

Está selado em ti… Abra-se, desdobre-se… E descubra-se a mensagem… Que tanto procura…

Imagem relacionada

É o caminho que importa…

É a jornada que importa…

A travessia é que importa…

Ao ser renascente que somos…

A impermanência que é…

Neste perene presente… em si-agora…

 

“Entregue-se, confia, aceite, agradeça”… Abra a porta para esta presença, que em si mesmo desdobra-te… Revelando aquilo que somos… Nem um nem outro: Um Todo.

Está em casa… Quando se é compreendido… É em nós o laço…

No centro, o aberto.

No caminho do silêncio…

A voz que se escuta

É a do coração.

A imagem que se vê

É a da intuição.

E aquilo que se encontra

É nada mais que o todo… impermanente.

SilenciosaMente

Quando o silêncio soa mais alto… A sua voz é do coração…

untitledc

“Somente a partir do coração você pode tocar o céu.” Rumi

 

 

 

“Que venham as estações”

Imagem relacionada

Quando for inverno, enraíze sua energia e abrace a vida.

Quando for primavera, espalhe sua energia e abra-se a vida.

Quando for verão, desfrute sua energia e celebre a vida.

Quando for outono, semeie sua energia e cultive a vida.

 

Imagem relacionada

Há noite e dia em cada estação… É sol, há lua em todo estado de ser…

 

* Inspirado no fraterno diálogo com a blogueira Cristileine Leão – DepressãoComPoesia.com

Silêncio. Quietude. Repouso.

siga sua vocação… a voz do coração…

Imagem relacionada

aquele que…

encontra

o seu caminho

encontra

o caminho dele